Nunca Jamais 2 - Colleen Hoover e Tarryn Fisher

Esta resenha NÃO contém spoiler do primeiro livro da série.
Nunca Jamais Parte 1

Resenha Livro Nunca Jamais 2

Caracaaaa, que final foi esse de novo?! Pelamor, Colleen e Tarry, não façam mais isso, pelo bem da minha saúde mental! Hahahaha! Mas voltando a ser normal, só um pouquinho, tô devastada após o fim de Never Never 2. Literalmente fechei após a última página e vim correndo escrever a resenha.

Eu sou apaixonada pelos livros da Colleen, e depois de ter lido praticamente todos posso dizer que ela é a minha autora internacional favorita (detalhe pra eu quase ter um treco quando a encontrei pessoalmente). Nessa parceria eu não sabia muito o que esperar, mas quando li o primeiro já vi que queria mais e mais. Nunca Jamais 1 termina sem terminar, o que é totalmente fora dos padrões da Colleen. Mas não foi pior que o 2, não mesmo.

Amor normal é algo difícil com você. Com você, o amor precisa ser psicótico.

Como esse livro é a continuação imediata do 1, por favor leia a resenha dele pra entender melhor. Não vou contar nada de spoiler, mas também não faz sentido eu ficar repetindo tudo sobre o enredo e os personagens. Combinado?

Quando comecei a ler esse, tinha esperança de lembrar o que aconteceu no 1, mas eram só relances, os detalhes tinham sumido. Novamente me senti como os 2, acordando desmemoriados e sem entender nada. Mas aí vieram várias referências, lembretes e pistas que eram importantes, então, como os livros são finos, li o primeiro voltando pra casa e o segundo já na ida pro trabalho de novo. Vantagens de livros finos! :) Não me arrependo de ter feito a releitura, porque a história ficou mais vívida e sequencial pra mim (e tô achando que vou ter que fazer a mesma coisa quando finalmente sair o terceiro).

Não sei onde eu estou.
Não sei onde "eu estou.Eu... eu... eu...Quem sou eu?Parece tão natural ter pensamentos com a palavra eu. Mas todos os meus pensamentos são ocos e levs, porque a palavra "eu" não está associada a ninguém. A nenhum nome, a nenhum rosto. Eu sou... nada.

Começando exatamente de onde acabou o outro, após mais um "reset", o segundo livro nos traz um pouco mais de informações, e já começamos a delinear o desfecho, apesar de algumas interrogações ainda pairarem pelo ar. Apesar de manter o fio da história, essas próximas 48 horas terão um ar diferente, de menos procura e mais ação.

Resenha Livro Nunca Jamais 2

Dessa vez a maior parte da narrativa é de Silas, devido ao que aconteceu antes desse último apagão (eu prometi que não ia dar spoiler, né?). As partes de Charlie são muito angustiantes, por saber que ela está sem memória e nós mesmos não entendermos direito a sua situação dessa vez. Milhões de perguntas cercam a nossa mente, começamos a criar várias teorias, e no fim bate aquele sentimento de vazio por não ter a curiosidade saciada.

Ainda não sei o que pensar do casal, do relacionamento deles, das pessoas que os cercam. Não dá pra saber em quem confiar, os nossos sentimentos são tão confusos quanto os deles. Mas, assim como Silas, estou começando a gostar do que eles um dia foram e torcer muito pra que as coisas finalmente se resolvam ou eles encontrem um jeito de fazerem uma versão a dois de "Como se fosse a primeira vez".

Como é possível sentir falta de alguém que você não consegue se lembrar?

Sinceramente? Eu recomendo todo e qualquer texto da Colleen, mas segura esse conselho de amiga: espera sair o último, tenha os 3 em mãos e leia um atrás do outro. Vai fazer mais sentido, você vai ter uma experiência melhor e não vai ficar que nem meu desesperada duas vezes no fim-não-fim de cada um dos outros.

Resenha Livro Nunca Jamais 2

Nunca Jamais Parte 2 (Never Never #2) - Colleen Hoover e Tarryn Fisher
Galera Record
144 páginas
Livro cedido pela editora
Onde comprar: Submarino | Americanas | Saraiva | Amazon

Nenhum comentário

Postar um comentário

Que prazer em ter você aqui! Entre e sinta-se à vontade.
Se gostou do post (ou não), deixe um comentário. Sua opinião é muito importante pra melhorar cada vez mais o blog. =)