O Jogo - Elle Kennedy

Esta resenha não contém spoiler do primeiro livro.
O Acordo
O Erro

Aproveitar a vida com muito sexo e sem compromisso. Esse é o lema de Dean Di Laurentis, um riquinho filhinho de papai daqueles metidos, que arrotam egocentrismo. Com ele não tem essa de humildade ou vergonha, pelo contrário, exibicionismo é seu sobrenome. Aliás, nenhuma mulher é capaz de resistir ao seu charme, quer dizer, quase nenhuma.

Allie parece ser uma exceção. A melhor amiga de Hannah veio de um relacionamento longo e precisa ficar longe do ex, que não para de perturbar. Pra isso, foge pra casa da amiga crente que vai ficar sozinha, já que estavam todos viajando ou saindo. O que ela não esperava era ter que lidar com o mais galinha dos amigos de Garrett e - pior! - ficar bêbada e parar na cama dele!

Foi bom? Foi. Mas depois que o o efeito do álcool passou ela caiu em si e se sentiu culpada por "trair" o ex. Além disso, seria só mais uma na interminável lista de conquistas. Só que alguma coisa mudou dentro dele pra não parar de pensar em certa loirinha e não funcionar com mais ninguém. Acostumado a ter todas as mulheres a seus pés, Dean terá que se esforçar se quiser um repeteco com Allie. Como será que um cara que só quer sexo casual irá se entender com a Sra. Compromisso?

Pra ser sincera, eu não tava muito animada com esse livro. Amei os dois primeiros, mas o Dean sempre foi muito não-romântico, de transar com qualquer uma sem envolver emoção e achar que o mundo gira em torno de seu umbigo. Além de ser bonito e bom de cama, ele vem de família rica, sempre teve tudo que quis e uma vida confortável, o que só contribuiu para esse estilo de vida mais largado.

Foi bem legal perceber como a escrita da Elle mudou para se adaptar a um personagem tão peculiar. Mais palavrões, mais exaltação ao pênis, mais deboche... No começo me irritou um pouco, mas depois eu relaxei porque, afinal, era o Dean e se não fosse daquele jeito não ia combinar com ele. Mesmo nessa vibe "meu pau te ama", ele conseguiu me conquistar com seu lado mais romântico.

Me identifiquei muito com Allie em vários aspectos. Entendo sua preferência por relacionamentos longos, evitando relações casuais e se questionando se seria capaz de ficar sozinha. Ela não se esquivou de falar o que pensava pra Dean, ou de assumir o que tinha feito durante a bebedeira, ou de dizer não pras investidas dele. Gosto assim, de gente sincera, que usa a razão em equilíbrio com a emoção.

Mas não é só sexo não. O livro mostra a importância de um casal se apoiar e entender um ao outro. Allie é atriz, tem sonhos de carreira e responsabilidades com a família. Dean aceitou a carreira dos pais, deixa até acharem que o sobrenome lhe abriu portas, mas sabe do seu potencial e acaba descobrindo, meio que a contragosto, sua real vocação. Ambos tentam incentivar o outro

O bom e o ruim dessa série é que não tem muito o que dizer, você precisa ler pra conhecer os personagens e entrar na história deles. Fui envolvida pelo charme de Dean e pela personalidade de Allie, dei gargalhadas altas em 2 cenas maravilhosas, fiquei viciada (sem comer e dormir) até terminar. A narrativa intercalada ainda contribui pra nos aproximar mais dos personagens e entender bem o que se passa com cada um.

Não sei se tô preparada para o fim da série, mas já quero o livro 4, que sai esse mês com a história de Tucker. Aliás, a gente meio que já sabe o que vai rolar porque ela corre em paralelo a esse, com suas sumidas e uma notícia bombástica no fim, mas os detalhes só mesmo em A Conquista. Realmente a série tem o nome perfeito: Amores Improváveis. Nunca que eu ia imaginar esses casais, em especial o próximo.

Vá lá que eu sou um tanto puxa-saco da Seguinte, mas já pararam pra olhar as capas da série em outros países? Feias, explícitas, não atrativas. Mas essas nacionais... só amor! Dá mais cara de NA e são muito mais alegres.

A cada livro eu fico mais apaixonada pela escrita de Elle Kennedy. Entrando pra lista de autores favoritos: sim, claro ou com certeza?

O Jogo (Amores Improváveis #3) - Elle Kennedy
Paralela
343 páginas
Livro cedido pela editora
Onde comprar: Submarino | Americanas | Saraiva | Amazon

8 comentários

  1. Não tenho muita vontade de ler esses livros, apesar de ler várias pessoas falando muito bem. Ainda não encontro um motivo que me fizesse sentir aquela vontade de ler! Mas a sua resenha me fez entrar mais na história, quem sabe eu venha a dar uma chance! Beijooos 😘

    ResponderExcluir
  2. Se eu estou super curiosa em relação a essa série? Sim, claro ou com certeza?
    São tantos comentários positivos! A história parece ser super delicinha e puro amor.
    Quero muito conhecer a escrita da autora (espero que seja em breve).
    Sua resenha está ótima e depois de ler fiquei ainda mais interessada nesses livros.
    As capas são um amor e muito caprichadas mesmo.
    E da uma dózinha quando a série está chegando ao fim né? rsrs
    Beijos,
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  3. Oi Giulia,
    De todas as sinopses desta série a de O Jogo foi a que mais me chamou atenção. Histórias cativantes e personagens reais são as principais características de Amores Improváveis e através de uma narrativa fluída é que Elle Kennedy tem conquistados os leitores, inclusive a mim. Dean e Allie não poderiam ser mais opostos e pensar neles tendo um relacionamento é quase impossível. Vai ser interessante acompanhar Dean correndo atrás de Allie, sendo que ele está tão acostumado a ter tudo que quer. Já consigo me imaginar dando algumas risadas com esses dois e não vejo a hora de conhecer esta história.

    ResponderExcluir
  4. Oi Giulia ;)
    Pra mim esse foi o mais engraçado! O Dean é demais, adoro ele... ele faz qualquer um rir!
    Mas pra mim os melhores continuam sendo o do Garrett e do Tucker S2
    Bjos

    ResponderExcluir
  5. Adorei a resenha do livro tenho o primeiro volume dessa série Amores Improváveis que a baixei na amazon agora só falto os outros três!!
    Bjoss

    ResponderExcluir
  6. Giulia!
    Tenho a maior vontade de ler essa série, tanto que já baixei o Acordo na Amazon e logo quero ler.
    Gosto de livros onde o protagonista está acostumado a ter tudo que deseja e se depara com aquela garota que dá suadeira nele para conquistar.
    E gosto quando há trechos de sexo.
    “Uma pergunta prudente é metade da sabedoria.” (Francis Bacon)
    Cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  7. Morrendo de rir quando li na vibe de " meu pau te ama " que por sinal é ridícula esse música, eu já não esperava um romance no estilo dos dois primeiros levando em conta o personagem mas como você tenho certeza que a história vai ser boa, tô sentindo que vou dar uma boas gargalhadas. Não posso negar que queria ver ele correndo atrás do prejuízo porque afinal ak temos aqui uma mocinha que não quer nada, melhor tipo de romance por favor. Kkk Obrigada pela resenha.

    ResponderExcluir
  8. Oi!
    Estou com os primeiros livros dessa serie para ler, e estou bem curiosa para finalmente conhecer a escrita da Elle Kennedy, para entender como essa serie acaba conquistando todo mundo, pois parece que sua escrita traz um algo a mais que tira suas historia daquele mais do mesmo, o Dean pelo que vi dos personagens não foi o que mais me conquistou até agora, mas também quero ler seu livro !!

    ResponderExcluir

Que prazer em ter você aqui! Entre e sinta-se à vontade.
Se gostou do post (ou não), deixe um comentário. Sua opinião é muito importante pra melhorar cada vez mais o blog. =)