Inesquecível - Jessica Brody


Sim, me apaixonei pela capa e por essa razão já quis logo de cara ler o livro, em seguida fui ler a sinopse e Tcharãããn - só aumentou a minha vontade de ler essa história tão, tão... tão cheia de enigmas.

Um terrível acidente de avião deixa apenas um sobrevivente : uma jovem sem memória...

O voo 121 da Freedom Airlines caiu sobre o Oceano Pacífico e milagrosamente uma jovem foi encontrada viva no meio dos destroços e sem memória. É claro que virou manchete mundial. A menina foi levada para um hospital para ser submetida a todos os procedimentos cabíveis. Ela não se lembra de absolutamente nada, nem o nome, nem a idade... nada! Os médicos chegaram à conclusão de que ela tinha 16 anos e carinhosamente foi apelidada de Violet por uma enfermeira.

Os questionamentos não param de surgir. Quem ela é? De onde veio? Como sobreviveu? Sua foto foi divulgada pela imprensa e as autoridades aguardam que alguém a reconheça; muitas pessoas até falam, mas as autoridades sabem que é mentira, pois ninguém soube dizer sobre o único objeto encontrado com ela: um medalhão com um símbolo estranho.

Com o passar do tempo, Violet, apesar de ainda apresentar o quadro de amnésia grave, ganha alta do hospital. As autoridades então decidem que ela deve ir para uma família adotiva até que sua memória volte e consiga encontrar sua verdadeira família. Os escolhidos são Heather, Scott e o filho Cody, de apenas 13 anos. Heather tenta tornar a vida de Violet normal, levando-a para fazer compras e conversando bastante com a menina. Numa dessas saídas, quando Heather deixou-a sozinha por alguns minutos, apareceu um menino estranho e falou com Violet que a conhecia.


É ai que a história toda se desenrola. Claro que Violet não confia no garoto, porém ele parece realmente conhecê-la, inclusive diz que o nome dela é Seraphina, que os dois eram apaixonados e ainda mais, que ela corre perigo. Ele aparece mais de uma vez para Violet, sempre quando ela ficava sozinha por algum motivo, e tentava contar para ela algumas coisas sobre ela mesma. Violet ao olhar a peça de roupa que foi encontrada com ela, acha um bilhete curioso: CONFIE NELE. É o pontapé para ela acreditar no menino estranho.

Vou parar de contar por aqui, pois o livro é cheio de enigmas e se eu contar algo mais pode acabar com a graça. Assim como Violet, o leitor não sabe de nada, nós vamos descobrindo junto com ela e torcendo pra tudo dar certo no final e todas as respostas sejam reveladas.

Todo mundo à minha volta tem muita confiança de que um dia vou me lembrar. Que minha família será encontrada, minhas lembranças serão restauradas e minha vida me será devolvida. Infelizmente, porém, não partilho dessa convicção. Não acredito no que eles acreditam com tanto fervor. Porque, por algum motivo, minhas lembranças não parecem temporariamente extraviadas. Parece que elas morreram.

Adorei o livro, li super rápido, a leitura flui como água, até mesmo porque a curiosidade vai batendo e eu como não sou nada ansiosa queria logo saber de tudo. Tem até como ter uma noção mais ou menos do final, porém esse eu errei. Pensei uma coisa e era outra.

Outra coisa que gostei no livro, é que os capítulos são demasiadamente pequenos, tem uns com 2 páginas apenas. Assim, sempre rolava aquilo de você dizer a si mesma que vai ler só mais um capítulo e quando perceber já tinham ido mais de 5 com a desculpa de que eram pequenos. hahaha

Ah! Pesquisei sobre o livro e adivinhem ... TCHARAAAM! Esse é o primeiro de uma trilogia. Adorei saber dessa notícia, pois sei que vou encontrar Violet, ou melhor, Seraphina novamente.


Inesquecível (Unremembered #1) - Jessica Brody
Rocco
336 páginas
Livro cedido pela editora
Onde comprar: Submarino | Americanas | Saraiva | Amazon

4 comentários

  1. Oi Gabrielle, também fiquei interessada por essa capa e gostei muito do que li na resenha, já fiquei envolvida pelo mistério e querendo saber mais. Imagino que a imagem da capa seja igual ao medalhão que está com ela e gostei muito que os capítulos são curtos, eu acho que a leitura fica mais ágil assim. Já anotei a dica e espero ler essa história logo logo ;)

    ResponderExcluir
  2. Gabriela!
    Nossa! Fiquei ansiosa pela leitura só de ler sua resenha.
    Acredito que seja daqueles livros que sentamos e só largamos quando chegamos ao fim, porque fiquei bem curiosa para saber todo desfecho sobre o mistério que envolve Vilet e o tal garoto que diz ter um relacionamento com ela.
    A capa é realmente linda!
    Desejo uma ótima semana!
    “Compreender que há outros pontos de vista é o início da sabedoria.” (Campbell)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP COMENTARISTA ABRIL especial de aniversário, serão 6 ganhadores, não fique de fora!

    ResponderExcluir
  3. Confesso que achei a sinopse meio ruim, mas fiquei curiosa com o mistério do final. A capa é realmente linda! Quanto à resenha, você me deixou no suspense. Agora vou ter de ler pra saber o que acontece.

    ResponderExcluir
  4. Gabrielle do céu! Comecei a ler sua resenha e fui me empolgando tanto com a história que quando você parou de contá-la que lembrei que não era o livro kkk
    Como assim eu não sabia da existência desse livro gente?! E que máximo que ele é uma trilogia! Os fãs agradecem né haha
    Beijokas
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir

Que prazer em ter você aqui! Entre e sinta-se à vontade.
Se gostou do post (ou não), deixe um comentário. Sua opinião é muito importante pra melhorar cada vez mais o blog. =)