Princesa das Águas - Paula Pimenta

Resenha Livro Princesa das Águas

Assumo totalmente a culpa pelo atraso dessa resenha. Era pra ter saído lá em agosto/setembro, na época das Olimpíadas, mas me enrolei e só agora peguei pra ler. A ideia da Paula de escrever um livro que aborda as Olimpíadas do Rio e lançar no mesmo período foi genial, e mesmo que o evento já tenha passado não tem como não desfrutar a leitura, afinal a gente viveu tudo isso aqui pertinho, dentro de casa.

A coleção Princesas Modernas traz releituras dos clássicos contos de fada com uma roupagem toda atual. Tudo começou com a Princesa Pop no conto dO Livro das Princesas. Depois veio a Princesa Adormecida e logo depois nossa Cinderela Pop ganhou um livro todinho dela, com uma versão estendida e completa do conto. Agora é a vez de Arielle arrasar.

Promessa de ouro nas Olimpíadas, Arielle é a filha do rei das águas, um nadador fantástico da década de 80 que por pouco não conseguiu a medalha dourada de sua época. Suas 5 irmãs escolheram a carreira da mãe e formaram uma banda de sucesso, mas ela optou por seguir os passos do pai e se dedicou às piscinas. Como vocês podem imaginar, a pressão em cima dela é enorme, já que o pai deposita nela todas as suas esperanças. E esse misto de preparação pra competição com expectativas do pai faz com que ela seja privada de muitas coisas e desejar um pouquinho do que as irmãs têm.

Cansada de ficar presa, ela resolve desobedecer e fugir pra uma festa dos atletas após uma competição na Suíça. Tudo ficaria bem, sem ninguém descobrir, se ela não tivesse dado um mole. Por culpa sua, um menino sofreu um acidente e ela precisou pular na piscina pra salvá-lo. Naqueles momentos de tensão ele se encantou por aquela menina de voz bonita, mas estava aturdido pra perguntar qualquer coisa. Ela, por sua vez, fugiu correndo pra não ser associada ao acidente.

O menino era ninguém menos que Erico, promessa do tênis e dono da festa. Ele até tentou encontrar sua salvadora, mas não foi respondido. Enquanto isso, Arielle se esforçou pra se concentrar nos treinos e esquecê-lo, mas seu coração não deixou. E é durante as Olimpíadas, pra ser mais exata em uma gincana com atletas, que ela terá a chance de se aproximar daquele gatinho. Só que muitos obstáculos irão surgir, especialmente Sula, uma "amiga" do nado sincronizado.

Resenha Livro Princesa das Águas

O legal do trabalho da Paula é que ela pega praticamente todos os elementos da história original e os adapta para a versão moderna. Nomes, relacionamentos, situações, nada fica de fora. Ariel virou Arielle, Eric agora é Erico, tem o Sebastião, tem a proibição de usar a voz... São tantas referências que preciso aplaudir a Paula por ter pensado em cada detalhezinho.

A narrativa, toda feita em primeira pessoa, recebe complementos especiais, como posts do Blog da Belinha (uma certa menina de vestido amarelo que terá seu próprio livro em breve) e reportagens de jornal. Também temos a participação de Yasmine, espero que o dela também não demore.

A leitura flui tão bem que você nem sente que tá lendo mais de 300 páginas. A história envolve e, por mais que você já saiba o que vai acontecer, quer ler pra ver tudo terminando bem. A diagramação também ajuda, com um monte de detalhes, fontes e fofurices que fazem a gente querer virar a página e ficar babando.

Apesar de ter gostado muito mais, o livro tem como público-alvo as adolescentes. Como uma menina de 16 anos, Arielle é imatura e ingênua às vezes até demais e por isso acaba caindo fácil nas maiores armadilhas. O desfecho também conta com a variação emocional básica da idade. Eu só não entendi por que o celular que aparece não é bloqueado. Quem usa aparelho sem senha hoje em dia?

Melhor que os dois primeiro, Arielle vem mostrar como a Paula cresceu nessas releituras, com uma história mais desenvolvida, sem problemas de comportamento tão criticados no primeiro e sem a mesmice do segundo. Foi bem legal ler sobre a Pequena Sereia moderna. Que venham os próximos!

Resenha Livro Princesa das Águas

Princesa das Águas (Princesas Modernas #3) - Paula Pimenta
Galera Record
368 páginas
Livro cedido pela editora
Onde comprar: Submarino | Americanas | Saraiva | Amazon
Giulia Ladislau
26 anos. Filha do Rei. Carioca da gema. Aliança na mão esquerda. Pedagoga por formação, militar por profissão, revisora por paixão. Fascinada por livros desde quando nem se entendia por gente.

6 comentários

  1. Estou super animada pra ler esse livro, parece ser uma leitura super delicinha e apaixonante.
    Gostei bastante dos dois primeiros livros e mal vejo a hora de conhecer essa nova história.
    Curto bastante a escrita da Paula e tenho certeza que ela arrasou nessa releitura.
    Essa capa está um capricho <3
    Beijos,
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  2. Olá, é incrível como as releituras estão em alta não? Como sou apaixonado por livro assim estou adorando! Já li uma série da Paula e adorei, os personagens são cativantes e nos conquistam. Foi algo bem interessante a autora usar como palco as Olimpíadas, pois não há muitos livros que citam ou abordam isso. Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Giulia!
    Adoro as releituras de contos de fadas e saber que a Paula foi bem fiel a história original, trouxe alegria e surpresa.
    Não li nada da autora ainda, mas quero muito poder conferir.
    “Saber encontrar a alegria na alegria dos outros, é o segredo da felicidade.” (Georges Bernanos)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de FEVEREIRO, livros + KIT DE MATERIAL ESCOLAR e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  4. Giulia, sou apaixonada pelas coleções de princesas da Paula, a escrita dela é tão boa que a leitura flui de uma maneira espetacular. Falta apenas esse livro para eu ter completado todas as leituras dela. E falando nele, amei a premissa da história, o modo em que a Paula estruturou essa narrativa é brilhante, como você mesmo disse, ela não deixou passar nenhum detalhezinho da obra original, e creio eu que o Sebastião seja o técnico dela, estou errada? Agora estou curiosa para saber se tem o Linguado e quem é.

    ResponderExcluir
  5. Oi, Giulia!!
    Nunca li nada dessa autora Paula Pimenta. Sei que ela escreve para o público infanto-juvenil. O que mais gostei e que é uma releitura da Pequena sereia. Achei o livro bem interessante e fiquei bem curiosa para saber como a Paula escreveu essa história!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  6. Olá,

    Adoro a escrita da Paula, é tão leve e fluida, sempre que quero ler algo mais leve ou com uma pegada teen, eu procuro algo dela. Ainda não tive a oportunidade de ler este, porém está na minha enorme wishlist já. Li o volume anterior e adorei! Não vejo a hora de ler este também.

    ResponderExcluir

Que prazer em ter você aqui! Entre e sinta-se à vontade.
Se gostou do post (ou não), deixe um comentário. Sua opinião é muito importante pra melhorar cada vez mais o blog. =)