Escândalo de Cetim - Loretta Chase

Esta resenha NÃO contém spoiler do primeiro livro da série.
Sedução da Seda

Resenha Livro Escândalo de Cetim

Se pensaram que as Noirot iam sossegar agora que Marcelline é uma duquesa e não precisa de dinheiro, estão enganados; ao contrário, as irmãs encaram o trabalho como algo vital, um respeito enorme pela costura. E, claro, a vontade de provar que a concorrente "Trapos" não chega aos pés das criações delas também é um ótimo combustível. Por isso que as três lutaram muito pra reconstruir a Maison depois de tudo parecer perdido.

O iminente noivado de Clara Fairfax, a mesma que quase casou com o Duque de Clevedon, é a chance de tirar as finanças de uma quase falência. O enxoval de casamento serão as últimas peças que irão costurar pra sua mais importante cliente, já que o futuro marido está atolado de dívidas e não terá condições de bancar tanto luxo. E é aí que mora o problema: como Clara foi parar nas mãos de um homem desses?

Em um momento de ingenuidade, foi flagrada em uma situação constrangedora e agora se vê obrigada a casar caso queira manter a reputação. Como não quer se prender a uma pessoa que não ama, foge com a criada sem deixar aviso nenhum. Sua família fica preocupada, e é seu irmão, o Conde de Longmore, que lidera as buscas. Ele só não esperava contar com a ajuda de Sophie, a Noirot do meio.

O interesse dela é apenas na loja, afinal se Clara casa ou some elas não terão a menor chance de reerguer os negócios. Mas logo a viagem se torna uma aventura, já que Longmore desperta nela sensações novas. E aí, serão apenas dois conhecidos em busca de um objetivo comum ou essa missão irá transformá-los em algo mais?

Ele sentiu algo naquele beijo e em sua reação, ou na combinação dos dois. Não havia palavras para isso. A sensação foi avassaladora, incandescente e nova. Longmore retribuiu o beijo como um homem faminto, e o mundo inteiro lhe pertenceu, a ele e a ela, juntos.
O mundo inteiro se agitou, tremeu, explodiu.

Eu já tinha curtido o primeiro volume da série, então era quase certeza de gostar desse, meu maior medo era que ultimamente ando meio saturada do gênero por encarar muitas leituras parecidas. A história em si é aquele clichê básico da mocinha apaixonada pelo nobre, cenas de sexo de dar quenturinhas e otras cositas más típicas de romance de época. Só que algumas coisas se destacaram por seu diferencial.

Nada de joguinhos! Finalmente os protagonistas não ficam naquela de "não vou falar o que sinto", ambos são bem sinceros, o que evita muitas discussões e confusões. Por que, carambolas, as autoras insistem em representar casais complicados? Deve ser falta de criatividade pra arranjar um desfecho que não envolva uma confissão omitida. Outra coisa legal é que o grande dilema não estava diretamente relacionado a eles. Os dois se juntaram em prol de uma terceira pessoa e fizeram de tudo pra salvá-la.

Sophie é muito prática, sempre enxergando além do problema, sem ficar se lamentando. Além disso, é uma enganadora de primeira, assumindo diferentes personalidades e posturas a fim de fazer as pessoas verem o que ela deseja. Assim ela não apenas conseguiu resolver o drama de Clara como também garantiu ainda mais furos de reportagem pro Spectacle. E aí, vocês podem imaginar, tem a versão que interessa a ela dos fatos somada a minuciosas descrições dos vestidos. Marketing, baby!

Resenha Livro Escândalo de Cetim

O que mais me incomodou foi como Longmore era machista. Em várias passagens ele demonstrou isso, seja duvidando da capacidade de Sophie, seja declarando algo que mulher não podia fazer. Por mais que ela sempre rebatesse, nunca respondeu à altura a ponto de ele ser humilhado nem o final teve alguma retratação de sua parte. Ok, era a realidade da época, mas se o foco são as mulheres de hoje isso poderia ser melhor trabalhado.

Não há como negar a química entre o casal. Ao mesmo tempo que são implicantes e extremamente irônicos, se entregam quando ficam juntos. Como eu já falei, ambos são sinceros em sua relação, inclusive essa é uma observação de Longmore em relação à Sophie na cama. Essa transparência de sentimentos e sensações torna as cenas mais reais, mais vívidas e infinitamente menos cansativas.

Seu coração ainda estava baendo forte. As palavras que ele dissera não haviam sido tão enigmáticas. Seu coração entendera muito bem.
Eu amo a senhorita.

Pra não ficar totalmente focado em Clara, rolou aquele impasse básico de a família Fairfax querer um "bom" casamento pro filho e a sociedade já ter se escandalizado com Marcelline se tornar duquesa. Outra Noirot casando com outro nobre seria péssimo pros negócios. Esse foi o máximo de drama que Sophie se permitiu.

Fiquei um tanto decepcionada pois esperava alguma interação diferente entre o casal, algo mais agressivo, já que no primeiro eles demonstravam certa animosidade mútua. A relação deles, apesar das marcas de sarcasmo, foi facilmente construída. Lucie, a filha de Marceline, sumiu. A garotinha destaque do livro anterior foi deixada de lado no livro da tia, senti falta. E como assim Clara, aquela mesma responsável pela melhor cena de Sedução, que eu jurava ser uma ótima lição de empoderamento, virou tão ingênua? Sinceramente fiquei um pouco perdida nisso aí e espero que no livro dela isso seja esclarecido.

Eu sou apaixonada por essas capas e já quero ler o próximo, que contará a história da caçula Leonie. Provavelmente vou gostar, afinal Loretta já mostrou que sua escrita é bem cativante. Agora é aguardar e torcer pra curtir mais os próximos.

Resenha Livro Escândalo de Cetim

Escândalo de Cetim (As Modistas # 2) - Loretta Chase
Arqueiro
272 páginas
Livro cedido pela editora
Onde comprar: Submarino | Americanas | Saraiva | Amazon

6 comentários

  1. Giulia, primeiramente achei que essas fotos combinaram muito com o título do livro e a capa.
    Estou doida para ler todos os livros da série, a Loretta parece ter uma escrita espetacular. ostei do fato das capas seguirem um padrão, e em se tratar da história também gostei bastante, já que a história não se concentrou apenas no amor mas também na aventura da Sophia e Longmore.

    ResponderExcluir
  2. Amo a escrita da autora e estou louca pra conhecer essa série.
    Sou completamente apaixonada por romances de época e esses estão na minha listinha de desejados.
    Parece ser histórias super delicinhas e apaixonantes.
    Sua resenha, a repeito do segundo livro, me deixou ainda mais animada, sério.
    Espero poder conferir a série em breve!
    Beijos,
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  3. Olá, quem não ama romances de época? Todos os elementos acarretam numa trama repleta de momentos inesquecíveis, não conhecia essa série mas pela resenha vejo que ao se tratar de protagonistas diferentes a cada livro, a história não fica cansativa. Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Giulia!
    Tão bom quando uma série nos conquista, né?
    Adoro romances de época e que pena que tenha se decepcionado um pouco com a facilidade com que os protagonistas engataram o romance, após tantas discórdias no livro anterior.
    “Saber encontrar a alegria na alegria dos outros, é o segredo da felicidade.” (Georges Bernanos)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de FEVEREIRO, livros + KIT DE MATERIAL ESCOLAR e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  5. Oi, Giulia!!
    Amo romances de época, mas infelizmente ainda não li nenhum livro dessa série!! Gosto de livro onde a mocinha são forte e independente!! E espero gostar de ler livro!! Pena que você não gostou tanto assim desse livro!! Espero que você goste mais dos próximos!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  6. Olá,

    Adoro romances de época, mas não leio muitos. Estou bem curiosa para ler os livros dessa série, porque adoro o modo como a Loreta cria e desenvolve suas mocinhas. Já li outro livro dela, e fiquei maravilhada com o universo criado por ela, me senti como se vivesse naquela época, foi algo bem surreal. Além disso, seus mocinhos + suas mocinhas são receitas de boas risadas.

    ResponderExcluir

Que prazer em ter você aqui! Entre e sinta-se à vontade.
Se gostou do post (ou não), deixe um comentário. Sua opinião é muito importante pra melhorar cada vez mais o blog. =)