Diário de uma Paixão - Nicholas Sparks

Um verão durante a juventude foi tudo o que Noah e Allie precisaram para criar um dos laços mais verdadeiros que existe.

Durante uma viajem com os pais, alguns amigos acabaram apresentando Allie ao charmoso Noah. Foi amor a primeira vista. Eles se tornaram inseparáveis durante aqueles dias, se entregando de corpo e alma ao primeiro amor de suas vidas. Acontece que se se apaixonar por um cara de pobre de uma pequena cidade do interior não estava nos planos que foram traçados para a vida de de Allie.

Noah não estava disposto a aceitar facilmente aquele rompimento forçado e durante dois anos tentou entrar em contato com ela, mas sem nunca obter uma resposta. Quinze anos foi o tempo necessário para que seus caminhos se cruzassem novamente.

Durante esse tempo, ele se dedicou ao exército, a família e a casa de seus sonhos. Ela foi a faculdade, mas abandonou o curso por seus pais não o considerem digno para ela, se voluntariou durante a guerra e acabou conhecendo um rapaz que se tornou seu noivo. Pouco antes do seu casamento, uma reportagem no jornal a leva de volta a Noah. Não que ela estivesse em busca daquele amor perdido, apenas sentia que aquele capítulo da sua vida merecia um ponto final.

Diário de uma paixão foi o primeiro publicado do autor. Nele fica clara toda a essência de Nicholas Sparks, e também a evolução de sua narrativa. A história de amor de Allie e Noah me emocionou muito, e seu efeito sobre mim não muda, mesmo que eu assista a esse filme milhões de vezes. Porém, a leitura dele é demasiadamente chata. O livro é bem pequeno, mas a impressão é de que ele nunca acaba.

A história começa com a introdução de um Noah já idoso, dando a entender que ele contará sua própria história. Mas grande parte da narrativa é feita em terceira pessoa e de forma não cronológica.  Oscilando entre a perspectiva de Allie e Noah, conhecemos mais sobre o verão de suas juventudes, temos vislumbres da fase adulta de ambos e também uma ideia de seu presente. São muitas alternâncias sem qualquer indicativo e uma enrolação desnecessária para que os acontecimentos importantes viessem a tona. Ou seja, o livro se arrastou infinitamente.

Os detalhes são o que tornam esse romance tão lindo. Como ele é bem curto, não posso falar abertamente sobre eles sem contar grande parte da história. Eu chorei bastante durante a leitura, mas fiquei aliviada de descobrir que o final é diferente do apresentado no filme.

Uma curiosidade. Há quem diga que O Casamento seja continuação desse livro, mas isso não é bem verdade. Eles de fato aparecem no outro livro, mas são histórias totalmente independentes. Eu mesma li eles na 'ordem' invertida e isso não atrapalhou em nada. Só demorei um pouco mais a captar a força do romance.

Em resumo, essa é uma linda história, mas uma leitura muito chata. Como o livro possui poucas páginas, vale apena você dedicar algumas horinhas para conhecer esse casal que mudará a sua forma de enxergar o amor.

Diário de uma Paixão - Nicholas Sparks
Arqueiro
176 páginas
Livro cedido pela editora
Onde comprar: Submarino | Americanas | Saraiva | Amazon

8 comentários

  1. Olá, não li muitos livros da Nicholas mas já o considero muito no ranking de melhores leitores. Sua obra são emocionantes e realistas, o que torna a leitura muito prazerosa. Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Tenho esse livro há anos aqui na minha estante, mas acredita que não tive coragem de ler ele ainda?
    Fico com um super receio de ler as histórias do Nicholas, pois a maioria são tristes ou alguém morre no final rsrs
    Mas vejo bastante opiniões positivas e isso vem me deixando curiosa!
    Parece ser bem lindo esse romance.
    Quem sabe não dê uma oportunidade para a obra?
    Beijos,
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  3. Andressa!
    Esse foi o primeiro livro que li do Nicholas e por causa dele, fiquei totalmente encantada pela escrita do autor.
    Sem contar que a história de amor é uma das mais belas de toda a literatura, na minha humilde opinião.
    Mainha tem Alzheimer e fico pensando todos os dias que ela bem poderia escrever um diário de suas memórias e do amor que viveu com painho...kkk
    “Não basta saber, é preferível saber aplicar. Não é o bastante querer, é preciso saber querer.” (Johann Goethe)
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  4. Andressa, eu tenho dezessete livros do Nicholas (digamos que sou um pouquinho fã dele kk) e esse é um dos meus preferidos. E saber que toda essa história foi baseada na relação dos sogros dele, deixa tudo ainda mais interessante. A história dos personagens é linda, o modo em que os dois se distanciaram mas voltaram a se encontrar é um amor... Pena que você achou ela muito chata.

    ResponderExcluir
  5. Nunca li nada do Nicholas, mas já assisti alguns filmes. Acho bacana e comovente muitas histórias, cheias de amor e sentimentos, mas não é meu estilo de leitura, então prefiro ficar só nos filmes mesmo. Adorei saber as curiosidades sobre o autor :)

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  6. esse livro exacerba todo romantismo de Sparks! eu babei nessa trama de paixão e fidelidade, quero um amor assim kkk
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi, Andressa!!
    Ainda não li esse livro de Nicholas Sparks, só assisti o filme!! Que por sinal sou apaixonada!! Também ouvir dizer que O casamento era continuação desse livro, mas acho que os personagens aparecem nesse livro!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Olá,

    Faz muito, muito, muito tempo que li esse livro. Porém, se me dessem para ler hoje, eu o leria novamente. Amo o Tio Nick e suas histórias, quero ler todos os livros dele. Acho muito bonita sua forma de enxergar e descrever o amor. Chorei horrores ao ler Diário de uma paixão e até hoje nunca assisti ao filme, pois tenho receio de chorar ainda mais hahaha.

    ResponderExcluir

Que prazer em ter você aqui! Entre e sinta-se à vontade.
Se gostou do post (ou não), deixe um comentário. Sua opinião é muito importante pra melhorar cada vez mais o blog. =)