Salem - Stephen King


Eu estou cada dia mais viciada na escrita de Stephen King, tanto é que a maior parte de minhas resenhas aqui no Prazer são de livros escritos pelo mestre. Mas, sem sombra de dúvidas, o que mais desejava ter era Salem. Antes de ler a sinopse, tinha uma ideia totalmente distinta do livro, principalmente pelo nome remeter a histórias de bruxas e confesso que talvez essa fosse a razão de tanta vontade em tê-lo. Mas me deparei com algo totalmente diferente. Claro que envolve um ser tão sobrenatural quanto, mas, mesmo sabendo que o livro fora lançado anteriormente como A hora do vampiro, não conseguia ver um enredo baseado em um.

Mas no final das contas dei de cara com um suspense de arrancar o fôlego de qualquer um, beirando os resquícios do terror clássico, que há muito tempo não encontramos nos livros. O que mais me impressiona é a qualidade do texto, principalmente por ter sido escrito em 1975. Sem mais delongas, conheçam um pouco mais de Salem.


Logo no início, conhecemos um homem e um menino que estavam sempre procurando notícias de Jerusalem's Lot, uma pequena cidade que se tornou fantasma do dia para a noite. E, depois de um longo tempo, eles resolvem voltar até lá. É a partir daí que o livro finalmente começa, através de flashbacks que contam a experiência dos dois na pacífica SQN cidade. Ben Mears vivera ali por alguns anos, mas, depois de passar por um trauma quando pequeno na Mansão Marsten, se mudou. Com esta nova passagem pela cidade, ele espera se livrar dessas amarras. Mas é chegando lá que tudo muda.
A partir de um assassinato de uma criança, os habitantes de Jerusalem's Lot ficam doentes e com hábitos um tanto peculiares. Em questão de tempo eles se tornam vampiros. É com a ajuda de Mark Petrie que eles precisam destruir todo este horror.

Criticando as populações das cidades pequenas, o ser humano e a religião, King abrange seus temas.

A capa foi mudada em sua nova edição, tornando o livro muito mais rentável que a anterior. O título Salem também fez toda a diferença, como disse lá no início, pois muitas pessoas, assim como eu, se sentiram atraídas pela obra apenas por ele estar ali. A Suma está de parabéns, principalmente por editar novamente títulos do autor que estavam há muitos anos esquecidos.

A diagramação interna é relativamente simples. Entre Prólogo e Epílogo, se encontram 3 partes, cada uma delas com capítulos e subcapítulos, todos muito bem estruturados e descritos, dando uma riqueza imensurável à obra.

E é claro que espero este ano acompanhar outras obras do autor. Já tenho em casa Carrie e À Espera de Um Milagre. Este último vai passar a frente de muitas leituras do próximo mês.


Salem - Stephen King
Suma de Letras
460 páginas
Livro cedido pela editora
Onde comprar: Submarino | Saraiva | Americanas | Fnac | Cultura
Pamela Moreno
Formada em Letras, optou por seguir duas carreiras que ama: lecionar e revisar. Acredita que pode mudar o mundo com simples gestos do cotidiano. Geminiana. Paulista. Para uma apaixonada pela leitura desde pequena, administrar um blog literário é muito mais que um simples hobbie.

5 comentários

  1. Pamela!
    Amo o King e o melhor livro de todos para mim É a Espera de um milagre, genial!
    Não li Salem ainda, porém já anotei aqui porque quero muito acompanhar todo suspense e thriller do livro.
    Bom final de semana!
    “Eu não procuro saber as respostas, procuro compreender as perguntas.” (Confúcio)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de JANEIRO dos nacionais, livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  2. Pamela, ainda não li nenhum livro do Stephen por ele apresentar conteúdos que possivelmente não me deixarão dormir a noite rs. Mas "Salem" parece ser um livro tão interessante, logo pelo nome pensei que envolveria bruxas mas estava errada. Além de apresentar um enredo tão atrativo, a capa está um luxo.
    E essa troca de títulos realmente fez uma grande mudança no livro, deixando-o ainda mais agradável.
    Agora preciso deixar minhas conclusões mal interpretadas do Stephen e ler alguma obra dele.

    ResponderExcluir
  3. Grande mestre do terror e de deixar a gente preso no livro do começo ao fim, assim conhecido o King. Eu adoro histórias que envolvem vampiros e grandes mistérios. É uma leitura que desejo muito fazer!

    ResponderExcluir
  4. Nossa, um livro escrito em 1975 e com uma escrita boa assim, com certeza é destacável. Eu já ouvi falar bastante do Stephen King mas ainda não consegui ler um livro dele, mas toda vez que leio resenhas, que por sinal são sempre positivas, eu fico com mais e mais vontade de conhecer esse mestre do terror.

    ResponderExcluir
  5. Só li um livro do SK até hoje e creio que por isso mesmo nunca mais peguei outro: tenho medo hahaha
    na verdade tenho quatro livros não lidos dele na estante mas preciso me programar pra ler apenas durante o dia!
    Não lembro de ter lido resenha desse livro mas achei bacana que a editora tenha trazido com nova capa e título, essas "pequenas" coisas às vezes fazem muita diferença!
    Gostei que haja crítica às pessoas e religiões. Apesar de não ser chegada em histórias de vampiro fiquei bem tentada a ler esse
    bjs

    ResponderExcluir

Que prazer em ter você aqui! Entre e sinta-se à vontade.
Se gostou do post (ou não), deixe um comentário. Sua opinião é muito importante pra melhorar cada vez mais o blog. =)