Quando o amor bater à sua porta - Samanta Holtz

Resenha Livro Quando o amor bater à sua porta

Resenha escrita em dupla com a Dreh, do Mais que Livros

Malu Rocha é uma famosa escritora de romance que encanta seus leitores com histórias que os fazem suspirar. Porém, por trás de suas atitudes confiantes e das palavras bonitas que escreve, ela esconde uma mulher frágil que não sabe dizer o que é o amor. Enquanto escreve a reta final de seu novo livro, decide inovar e oferecer às suas leitoras o final mais realista possível. Quantas mulheres encontram um príncipe encantado? Ou melhor, por que toda mocinha precisa de alguém para tornar seu final completo? Não, dessa vez sua protagonista mostrará que o amor próprio e o autoconhecimento são o suficiente para um final feliz! Ao menos era isso que ela gostaria de que acontecesse...

Malu estava toda empolgada por finalmente encontrar um rumo satisfatório para sua história, quando algo muito curioso acontece. Um homem chamado Luiz Otávio - mesmo nome de seu protagonista - bate em sua porta lhe pedindo ajuda. Aparentemente, eles tinham uma reunião agendada para a semana anterior, mas Luiz não pôde comparecer porque sofreu um acidente e perdeu completamente a memória.

Malu até tenda ajudar o rapaz, mesmo achando essa história muito estranha, mas um problema com sua agenda impossibilita que ela seja muito útil. Acontece que, mesmo não sendo sua responsabilidade, Malu sente que precisa ajudar Otávio a reencontrar seu caminho. Ela só não esperava que esse homem conseguiria ultrapassar todas as suas barreiras para enxergar além do que ela mostra para o mundo. Será que agora ela conseguirá fazer as pazes com o seu passado?

- Não sou pessimista. Sou realista. E penso naquela leitora que não encontrou nem encontrará o seu príncipe encantado. Não tenho o direito de iludi-la com uma mentira. Afinal, toda essa fantasia romântica não serve só para que as pessoas comparem as histórias da ficção com sua própria vida e se sintam frustradas?
- Não, Malu. - Ele sorriu com ternura. - Serve para que tenham esperança.

Quando o amor bater à sua porta mistura vários elementos que acho interessante. O primeiro é ser um livro que fala de outro livro. Como se não bastasse termos duas histórias em uma, ainda são abordados vários assuntos sobre os bastidores da composição de um livro. Como a protagonista é uma autora que está finalizando sua obra, acompanhamos um pouco do seu processo de criação, suas inspirações, a relação com a editora e como isso pode influenciar o autor... Que leitor nunca se perguntou sobre essas coisas?

O segundo é a questão da ficção que imita a realidade. Isso é um livro, então claro que tudo ali é ficção, mas a autora tentou se aproximar ao máximo dos leitores para nos deixar com aquela sensação de ''o que eu faria se acontecesse comigo?". Tudo começa com a coincidência entre os nomes dos personagens e culmina com a caminhada da autora rumo ao seu amadurecimento. Aliás, foi lindo ver a transformação da personagem.

Resenha Livro Quando o amor bater à sua porta


Já gostei da Malu logo de cara. Uma mulher super atual, preocupada com a saúde, a natureza, mas que está longe de ser perfeita. Se perante a sua assistente ela é linha dura, quando está com o avô, Malu se torna a pessoa mais sensível do mundo. Seu Inácio é um velho combatente de guerra que não se cansa de passar os ensinamentos aprendidos para sua neta. As cenas dos dois eram emocionantes e quase arrancaram algumas lágrimas.

A escrita da Samantha Holtz é tudo aquilo que eu esperava. A história fluiu com muita facilidade, sendo impulsionada pelos capítulos curtos, que levavam sempre a iniciar só mais um capítulo. A narrativa também fez toda a diferença. Apesar de acontecer em terceira pessoa, você se sente muito próximo dos personagens.

Um dos momentos mais inspiradores da história é quando a Malu começa a se conectar com o seu verdadeiro eu. Senti isso poucas vezes na vida e foi incrível perceber que nunca foi mediante grandes acontecimentos. São nos momentos mais singelos que percebemos o quanto esse mundo é maravilhoso e o tanto de coisas que precisamos agradecer. Me empolguei filosofando um pouquinho, mas quer coisa melhor do que ser tocada de maneira tão singular por um livro?

- Você diria, então, que o destino é como uma colcha de retalhos? Cada retalho é um universo inteiro de possibilidades, e podemos saltar de um para outro de acordo com o que fazemos ou deixamos de fazer? Sorriu, satisfeita com aquela definição.
- Exatamente.

O desfecho de Malu não foi um surpresa, já que tivemos várias pistas ao longo da história - e por milagre eu consegui captar todas. Mas não vou mentir, esperava algo diferente, talvez por já ter lido e me apaixonado pelos primeiros livros da autora. Foi lindo, mas achei que ele enfraqueceu um pouco uma das várias mensagens do livro. Detalhes.

Essa capa está muito fofinha, combinando totalmente com a história. Internamente o livro tem páginas amareladas e possui uma diagramação confortável para a leitura.

Obviamente esse livro é indicado para todos que gostam de romance, principalmente aqueles que não tiveram a oportunidade de conhecer da escrita dessa autora.

Resenha Livro Quando o amor bater à sua porta

Quando o amor bater à sua porta - Samanta Holtz
Arqueiro
304 páginas
Livro cedido pela editora
Onde comprar: Submarino | Americanas | Saraiva | Amazon
Giulia Ladislau
26 anos. Filha do Rei. Carioca da gema. Aliança na mão esquerda. Pedagoga por formação, militar por profissão, revisora por paixão. Fascinada por livros desde quando nem se entendia por gente.

5 comentários

  1. Giulia!
    Ler um livro da autora já é bom demais, agora imagina ler um livro dentro de outro? Deve ser maravilhoso!
    Imagino todo amadurecimento de Malu para mudar o final do livro e ainda ajudar uma pessoa totalmente estranha... deve ser tensão do início ao final.
    “O que sabemos, saber que o sabemos. Aquilo que não sabemos, saber que não o sabemos: eis o verdadeiro saber.” (Confúcio)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de JANEIRO dos nacionais, livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  2. Giulia, estou bastante ansiosa para que esse livro chegue em minhas mãos (espero que os Correios não me decepcionem kk). Ainda não li nada da Samanta, esse será meu primeiro contato com a leitura, e posso dizer que já amei o livro pela sua resenha, essas coincidências deram vida ao livro. E ainda mais o fato da história permitir o leitor de acompanhar as fases da construção de um livro até chegar nas livrarias será bem interessante. E eu espero que a Malu fique com o Luiz, por mais que um final feliz só precisamos ser felizes com nós mesmo, uma companhia sempre é bem vinda.

    ResponderExcluir
  3. Oii! Ainda não li nada da autora, mas estou bem curiosa por essa obra!
    Não lembro de ter lido nenhum livro que "mistura" dois livros e tenho minhas dúvidas em relação ao mundo dos escritores, bacana que algumas dúvidas sejam sanadas!
    Apesar de não acreditar muito nisso de príncipe encantado concordo com o quote, essas leituras nos dão um pouco de esperança e mesmo que através do mundo da leitura podemos viver esses momentos mágicos!

    Beijos,
    Kemmy - Duas Leitoras

    ResponderExcluir
  4. Já ouvi falar no livro. Fico pensando como que é isso de um homem desmemoriado (que nem novela mexicana kkk) aparece de repente na sua porta. Eu não li nenhum livro da autora então se esse for o primeiro nem vou saber o que esperar mesmo. Gosto muito de romances!

    ResponderExcluir
  5. Eu não li nada da autora ainda, mas já ouvi falar bastante. Eu tenho certa curiosidade com esse livro e venho criando uma boa expectativa. Apesar de não ter coisas extraordinárias eu gosto de histórias mais leves também. Fiquei querendo conhecer a Malu e todo seu desenvolvimento ao longo da trama.

    ResponderExcluir

Que prazer em ter você aqui! Entre e sinta-se à vontade.
Se gostou do post (ou não), deixe um comentário. Sua opinião é muito importante pra melhorar cada vez mais o blog. =)