A Garota no Trem - Paula Hawkins

Três mulheres cujas vidas são entrelaçadas por uma rua e um trem. Rachel é a ex-mulher de Tom, atualmente casado com Anna. Eles são vizinhos de Megan e Scott, num bairro próximo à linha do trem.

Rachel não consegue se desapegar da vida passada e desconta todos as angústias no álcool. Sempre que o trem para em frente à sua antiga moradia, ela observa não apenas aquela casa como também a de um casal de vizinhos. De um lado, a vida que ela gostaria de ter, com o ex e o filho que nunca tiveram; de outro, um casal perfeito, que vive uma linda história de amor.

No dia em que recebe a notícia do desaparecimento de Megan, tenta lembrar o que viu naquela noite. Ela sabe que pode ser útil, mas seu esquecimento é crucial para toda a história, então ela tenta se aproximar pra colher mais informações e se sentir importante. Anna se sente profundamente incomodada com as tentativas de contato. Scott enxerga uma luz no fim do túnel. Mas quanto mais ela se esforça, mas nubladas as informações ficam.

Segredos do passado, mistérios do presente e incertezas do futuro se misturam num thriller de tirar o fôlego. Fiquei viciada na escrita de Paula, com a curiosidade aguçada pra saber o que, afinal, teria acontecido com Megan e quem era o responsável. Era desesperador ter que parar pra fazer qualquer outra coisa que não fosse me concentrar na leitura.

Não sou uma ardente leitora do gênero, então nem rola fazer comparações. Mas consegui ficar interessada na história desde o início e me perder bastante nas várias teorias que criei. Foi um bom tempo levantando e descartando hipóteses até finalmente seguir na linha correta. E só "descobri" mesmo quando tava começando a ficar óbvio demais, não sei se fui lerda ou se a autora foi boa mesmo.

Enquanto ficamos curiosos, a autora aproveita pra discutir vários assuntos, a começar pelo transtorno psicológico de Rachel, que além de alcoólatra tem algum tipo de probleminha pra não conseguir desapegar do ex e ainda perseguir a família dele. Vocês também vão perceber outros comportamentos bem estranhos dela. Anna e Megan também têm questões sérias por trás dos rostos bonitos, mas não vou falar pra não estragar o desenrolar da trama.

Há ainda os dilemas dos homens: o marido, primeiro suspeito do desaparecimento; o psicólogo de Megan; Tom, o ex/atual que precisa lidar com as duas... O interessante é que, além desses 6, há poucos outros personagens, e esses são apenas figurantes pro decorrer da história. Não foi preciso entupir as páginas com um monte de gente, nesse caso menos é mais.

Ganhei o livro da editora ano passado, mas só agora, perto de estrear o filme, consegui parar pra ler, ou melhor, ouvir. Minha "leitura" foi através de audiobook, e eu quero muito contar essa experiência pra vocês em breve. Mas garanto que não estragou nem um pouquinho, até arrisco a dizer que as entonações me deixavam ainda mais nervosa.

Aproveita que o filme ainda não saiu e corre pra ler. O trailer tá babado, parecendo estar bem adaptado. Agora é esperar ansiosamente pra ir ao cinema!

A Garota no Trem - Paula Hawkins
Record
378 páginas
Livro cedido pela editora
Onde comprar: Submarino | Americanas | Saraiva | Amazon



Propriedades
Livro XXX - XXX
Resenha Livro XXX
Giulia Ladislau
26 anos. Filha do Rei. Carioca da gema. Aliança na mão esquerda. Pedagoga por formação, militar por profissão, revisora por paixão. Fascinada por livros desde quando nem se entendia por gente.

4 comentários

  1. Giulia, li o livro e gostei bastante!
    Lembro que quando tinha que parar de ler para fazer algo,ficava pensando somente no momento de pegar o livro novamente.
    E confesso que fui bem lerda em desvendar o desfecho, rsrs.
    Não imaginei que o final seria aquele!

    E agora estou super ansiosa para assistir o filme. :)

    ResponderExcluir
  2. Esse livro fez o maior sucesso porque Stephen King falou super bem dele. Havia lido apenas uma resenha dele, falando que não achou tão bom assim, talvez porque colocou expectativas demais nesse livro.
    Adoro thrillers e, pela sua resenha, esse parece ser ótimo. Já fiquei curiosa, haha! Em um livro como esse Audiobook se torna até mais interessante do que o livro, por ser bastante mistério e suspense.

    ResponderExcluir
  3. Oi Giulia,
    Desde quando vi o lançamento desse livro fiquei com vontade de ler, e após ver que seria adaptado para o cinema então...Tinha planejado realizar a leitura antes da estreia do filme, mas não consegui cumprir essa meta. Gosto muito de livros desse gênero e pelo jeito é uma leitura viciante mesmo, com uma narrativa eletrizante para ler sem interrupções. Estou muito curiosa pra saber esse desfecho, pelo jeito é uma leitura bem surpreendente.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Esse é outro que me deixa curiosa também!
    Não sou muito de ler do gênero, mas as resenhas são tão positivas, que fiquei com vontade, vamos ver se ainda leio antes do lançamento do filme.
    A Rachel parece ser uma personagem bem cheia de segredos, complicações e tal, o que me chamou muita a atenção.
    bjss

    ResponderExcluir

Que prazer em ter você aqui! Entre e sinta-se à vontade.
Se gostou do post (ou não), deixe um comentário. Sua opinião é muito importante pra melhorar cada vez mais o blog. =)