Meu Romeu - Leisa Rayven

Resenha Livro Meu Romeu

O sonho de todo ator de teatro é ser a estrela de um espetáculo da Broadway. Cassie Taylor conseguiu! Os ensaios vão começar, mas ela não imaginava que justo Ethan Holt ia ser seu par na peça. Há 6 anos eles se conheceram nos testes para ingressar no curso de teatro e tiveram uma relação quente e conturbada desde que interpretaram Romeu e Julieta na faculdade. A química deles é inquestionável - no palco e fora dele. Depois de duas grandes decepções, Cassie resolver seguir a vida sem Ethan, mas é difícil caminhar quando o peso do mal-entendido insiste em puxá-la pra trás. Em todos os homens com que se relaciona, ainda que por uma noite só, ela procura encontrá-lo.

A grande oportunidade de sua vida profissional pode ser atrapalhada pela presença de Holt. Ele ressurge com novas atitudes, totalmente regenerado e pronto pra ser tudo aquilo que ela sempre sonhou. Ela ainda teme sofrer novamente, mais uma ilusão. E nem pensar em não resolver esse clima tenso, porque o relacionamento entre esses atores pode interferir - positiva ou negativamente - na atuação. Cassie conseguirá se libertar do passado e viver o presente sem amarras? Ou seus traumas irão impedi-la de se permitir uma nova chance?

Não é suspense do tipo "leia pra saber" porque eu também não sei. O livro termina sem respostas e explicações, me deixando louca por Minha Julieta. Eu fiquei viciada na história pela maneira como Leisa contou, uma linguagem jovem, muito real, que te coloca pra viver junto a garota que finalmente consegue a liberdade de sair de casa e a mulher que conquistou uma carreira sólida, mas tem a vida pessoal totalmente confusa.

Resenha Livro Meu Romeu

A narração em primeira pessoa nos mostra uma Cassie engraçada, com pensamentos e comparações surpreendentemente cômicos. Ela é debochada demais, intensamente louca e não é do time de quem gosta de fazer joguinho. Fala na cara o que quer, corre atrás do cara que desperta sensações e sentimentos nela, não fica parada no ponto, não.

Prepare-se pra ler muito palavrão, Cassie é um tanto desbocada, assim como o pessoal do teatro. Soma-se isso à obsessão de uma menina de 19 anos que nunca namorou e está doida pra perder a virgindade. Ethan não facilita as coisas e não dá a ela o que tanto deseja. A tensão sexual é palpável, dá pra sentir a frustração dela esperando a primeira vez... e quanta demora!

É isso que é se apaixonar? Uma gratidão opresiva pela outra pessoa estar com você enquanto dividem algo impressionante? Sabendo que a coisa mais impressionante que elas podem dividir está nelas mesmas?


Essa parte ainda é de quando eles se conheceram, mas a situação depois não fica atrás. Dá pra ver o amadurecimento de Taylor na vida profissional e pessoal, mas o mesmo apego da adolescente que teve o coração destruído e que ainda não resolveu sua vida sentimental.

O livro é todo intercalado entre presente, passado e pedaços do diário dela (melhores partes, especialmente quando um certo alguém lê as páginas secretas da vida de Cassie). Pode parecer confuso, mas a sequência é perfeita pra entender o início do relacionamento e o reencontro.

Resenha Livro Meu Romeu

Holt é irritantemente apaixonante. Eu até tentei ficar com raiva dele, mas até suas mancadas eu entendia. Na verdade a situação toda não ficou clara, espero que no próximo haja respostas que faltaram aqui, mas eu tendo a olhá-lo com o histórico familiar e suas boas vontades. Talvez se os acontecimentos do término deles fossem melhor esclarecidos eu mudaria de opinião. Mas é sempre bom lembrar que só ela conta a história, então não tem o outro lado pra contrapor.

Às vezes as pessoas constroem muros, não apenas para manter os outros fora, mas para ver quem se importaria o bastante para destruí-los.

Nunca me envolvi com o mundo do teatro, mas gostei bastante de ler sobre os bastidores. Muitas coisas que fogem ao espectador foram descritas no decorrer da história, como ensaios, marcações, construção de personagens, interpretação dos atores... Eu só não gostei da cena que todos eles estavam fumando um baseado, como se fosse algo normal entre o pessoal do teatro. Desnecessário no livro, né?

Pelo que já andei espiando de Minha Julieta, segue a mesma linha, intercalando a narrativa e mantendo a voz de Cassie. Minha impressão é de que ambos os volumes poderiam ser um livro só sem problema algum. Mas enfim, o jeito é encarar a continuação e torcer pra que tudo seja esclarecido.

Se eu gostei? Pra caramba! Mas deixo o alerta de que o livro é um tanto pornográfico. Se você gosta, se joga. Mas se não, que pena! Vai perder uma ótima história.

Resenha Livro Meu Romeu

Meu Romeu (Starcrossed #1) - Leisa Rayven
Globo Alt
407 páginas
Livro cedido pela editora
Onde comprar: Submarino | Americanas | Saraiva | Amazon
Giulia Ladislau
26 anos. Filha do Rei. Carioca da gema. Aliança na mão esquerda. Pedagoga por formação, militar por profissão, revisora por paixão. Fascinada por livros desde quando nem se entendia por gente.

7 comentários

  1. Ahmm, me lembrou muuuuuito dos livros da Abbi Glines, que até que tem um ritmo ok, mas pornografia demais, onde tudo de um jeito ou de outro vai causar tensão sexual entre os personagens, e mais: sempre dá pra espremer pra outro livro. Ultimamente não tenho gostado muito de livros assim, então vou passar longe...

    ResponderExcluir
  2. Concordo com a Luciana. Também achei o estilo do livro bem parecido com as tramas de Abbi Glines.
    Como gosto muito dos livros dela,talvez eu curta esse também.
    Livros picantes são ótimos, quando se tem um bom enredo. :)

    ResponderExcluir
  3. Oi Giulia,
    Quero muito ler essa trilogia, é tanta gente falando tão bem desses livros que a curiosa aqui ficou interessada em ler. Gosto de livros com narrativas que vão intercalando entre passado e presente, sempre gostei de livros assim, e também curto uma história hot, então acho que vou gostar desses livros.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Giulia!
    Gosto de releitura de livros clássicos e gostaria de ler.
    E se é um tanto apimentado por trás dos bastidores do teatro, fiquei ainda com mais vontade.
    http://alinenerd.blogspot.com.br/2016/09/top-comentarista-de-setembro.html

    ResponderExcluir
  5. Nossa, já fazia tempo que queria ler alguma resenha desse livro. Confesso que li apenas resenhas daqueles mais novos, e não fazia ideia direito do que se tratava, sou uma pessoa muito confusa. Acho que eu também iria adorar essa coisa do teatro sendo explorada, além de parecer super bem desenvolvido todo o resto.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Eu já ouvi falar desse livro até demais, muitas das leitoras os consideram como favoritos e tem Ethan como crush literário (haha).
    Eu acho a temática dele interessante, mesmo parecendo muito clichê. Porém não sei se leria, pois ele não me chama tanta atenção como com os outros leitores.
    Parabéns pela resenha <3
    Abração, Dri!

    ResponderExcluir
  7. Não gosto de livros assim, então não lerei esse. Achei a protagonista bem interessante, do tipo que gosto muito de se ter em um livro. Também achei legal o autor mostrar os bastidores do teatro!

    ResponderExcluir

Que prazer em ter você aqui! Entre e sinta-se à vontade.
Se gostou do post (ou não), deixe um comentário. Sua opinião é muito importante pra melhorar cada vez mais o blog. =)