O Segredo dos Nagas - Amish Tripathi

Esta resenha NÃO contém spoilers de outros livros da série.
Os Imortais de Meluha


Título: O Segredo dos Nagas (Shiva #2)
Autor(a): Amish Tripathi
Editora: nVersos
Nº de páginas: 368
Onde comprar: Submarino | Saraiva | Americanas | Casas Bahia
Nota:

Neste livro o sinistro guerreiro Naga mata seu amigo Brahaspati e agora persegue sua esposa, Sati. Shiva, o imigrante tibetano profetizado como o destruidor do mal, não vai descansar até encontrar seu adversário demoníaco. A vingança irá levá-lo à porta dos Nagas, o povo da serpente. Disso ele tem certeza. Evidências da ascensão perversa do Mal estão por toda parte. Um reino está morrendo, refém de uma droga milagrosa. Um príncipe herdeiro é assassinado. Os Vasudevas os guias filosóficos de Shiva traem a fé inquestionável do Mahadeva, ao receberem auxílio do lado sombrio. Até mesmo o império perfeito de Meluha está arranhado por um terrível segredo em Maika, a cidade dos nascimentos. Sem que Shiva saiba, um mestre de fantoches está manipulando uma grandiosa jogada. Em uma jornada que irá levá-lo de ponta a ponta pela Índia Antiga, Shiva procura a verdade em uma terra de mistérios mortais apenas para descobrir que nada é o que parece. Ferozes batalhas serão travadas. Alianças surpreendentes serão forjadas.

O primeiro livro termina na luta de Shiva e Sati, agora esposa dele, contra um Naga. Eles falham na tentativa de capturá-lo, para preservar a segurança dos meluhanos, e essa briga resulta na morte de seu amigo Brahaspati. Com sede de vingança, ele se alia aos chandravanshis e começa sua jornada rumo ao desconhecido com a intenção de rastrear os Nagas e conseguir respostas. Só que a família de Sati esconde um segredo que pode mudar toda a história e até mesmo abalar o amor dos dois.

Se você não leu a resenha de Os Imortais de Meluha, te adianto que a introdução é um pouco lenta, demora a empolgar principalmente por causa dos nomes complicados. Mas agora o autor conseguiu dar uma agitada na história. Além de falar sobre os protagonistas, ele também explora os personagens secundários, de forma que o leitor possa conhecer o pontos de vista de outras culturas.

A narração é feita em terceira pessoa com foco em Shiva e Sati. O ponto alto do livro é a descrição: as cenas são muito bem detalhadas, fazendo com o que o leitor se sinta dentro do cenário, totalmente ambientado. Não importa se é na tensão de uma batalha ou na calmaria de um templo, Amish conseguiu descrever o que os personagens sentiam e faziam com maestria.

A capa é muito bonita, assim como a parte interna, que vem com mapas, ilustrações e um glossário para explicar os termos diferentes presentes no livro. Só é um pouco chato o livro não ter orelhas.

Recomendo para fãs de fantasia e aventura, que gostam de mitologia e filosofia no meio da história, com um toque de romance. E pra amantes da cultura indiana também.

-Meu filho, seu destino é muito maior que essas montanhas gigantescas. Mas, para torná-lo realidade, você justamente precisará cruzar essas mesmas montanhas gigantescas.
Suzi Andrade
27 anos, estudante de Letras, mineira, casada. Gosto de séries de TV, de escrever e também de chocolate. Sou leitora e compradora compulsiva de livros. Acredito que ler enriquece a alma e a mente!!

4 comentários

  1. Para ser bem sincera,assim que vi a capa e li a sinopse,não fiquei muito motivada com o livro.
    E achei a história bem diferente das que leio com frequência.
    Só o que me agradou realmente foi o fato de você nos contar que é um livro de fantasia e aventura.
    No entanto só lendo mesmo para ter certeza. ;)

    ResponderExcluir
  2. Oi Suzi, eu não conhecia esses livros e fiquei curiosa sobre o desenrolar da história. Contudo, acho que teria dificuldade de me adaptar aos nomes, são bem complicados, a capa é bonita e o autor parece ter criado um universo bem complexo. Acho que é uma história diferente que eu não leria agora, mas no futuro talvez :)

    ResponderExcluir
  3. Oi Suzi,
    Não conhecia essa trilogia e apesar de não ser o meu estilo de leitura, confesso que fiquei interessada em ler, fui lá ler a resenha do primeiro livro e gostei do que li, mesmo que tenha ficado um pouco confusa com todos esses nomes um tanto diferentes haha
    Adoro fantasia, mas esse tipo de aventura nunca li, mas como adoro conhecer novas culturas se algum dia ler, espero me surpreender, já que nunca li algo sobre a Índia Antiga. Gostei de saber que o autor deu destaque também aos personagens secundários, é bom conhecer pontos de vistas diferentes.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oi!
    Ainda não conhecia essa serie, com certeza a capa é bonita e logo chamou minha atenção, mas como não conheço o primeiro livro da serie ainda não sei se irei ou não ler esse livro, quero dar uma olhada na resenha do primeiro para ver ser gosto dessa historia !!

    ResponderExcluir

Que prazer em ter você aqui! Entre e sinta-se à vontade.
Se gostou do post (ou não), deixe um comentário. Sua opinião é muito importante pra melhorar cada vez mais o blog. =)