{ novidades } Cabelo bom é o quê?

Há algumas semanas eu recebi essa sugestão de uma leitora do blog - brigada, Ana Lisboa! - e amei tanto a ideia que precisei trazer pra vocês conhecerem.


A Yenzah é uma marca que tem investido em produtos para cabelos cacheados, inclusive com alguns deles voltados para as técnicas low e no poo. Recentemente o diretor da empresa, Rodrigo Goecks, teve uma iniciativa linda a partir do seu incômodo com o bullying que as crianças cacheadas sofrem por causa do cabelo.

Ele escreveu o livro Cabelo bom é o quê?, para essa galerinha dos caracóis nos cabelos elevar sua autoestima, trabalhar noções de preconceito e se empoderar também! Com um poema lindinho e ilustrações da artista plástica Anne Pires, a obra de 24 páginas é uma delícia pros olhos e um carinho pro coração.

Você pode conferir ele completinho aqui, mas pra criançada é sempre melhor ter o livro na mão, até pra terem o gostinho de folhear, sentir o cheiro, ter o contato físico e se apaixonar.

Um dia me falaram que existia cabelo ruim. Mas por quê?
Cabelo bom é o quê?
Cabelo bom é o que nasce, cresce e cai
Nasce de novo e por aí vai….
Que protege, penteia e enfeita
Que ilumina, enrola e me deixa satisfeita
Cabelo bom é esse aqui
Que me faz menina, alegre e perfeita!
Se é assim, todo cabelo é bom!
Cada um do seu jeito,
Cada um com seu direito
Grande, pequeno, liso ou enrolado
Branco, preto, vermelho, amarelo ou, até, azulado
Cabelo bom é o meu
Porque é com ele que eu posso fazer um lindo penteado. Bem enfeitado.

A Yenzah não se contentou com o livro e foi além com a campanha #cabeloboméomeu. Doaram 300 livros para uma escola municipal na Rocinha e fizeram um vídeo LINDO com meninas declamando o poema. Assiste uma vez e me diz se elas não são apaixonantes! *-*



Esse é o primeiro livro da série "Um dia me falaram", que ainda terá outros 2 volumes com os temas raça e medos.

Gostou? Você pode comprar na loja virtual Casa 18 a um precinho bacana de R$ 15,00. E pra escolas cai pra R$ 6,50, super vale a pena dar a dica lá no colégio do seu filho/sobrinho/afilhado/irmão, hein?



Giulia Ladislau
26 anos. Filha do Rei. Carioca da gema. Aliança na mão esquerda. Pedagoga por formação, militar por profissão, revisora por paixão. Fascinada por livros desde quando nem se entendia por gente.

5 comentários

  1. Que dica perfeita, amei a ideia do livro e o vídeo é muito fofo <3 :)

    ResponderExcluir
  2. Que fofura esse livro! *-*
    Inclusão é muito importante, principalmente quando se é criança. Pois é bem difícil encontrar princesas negras e com cabelo crespo, as crianças crescem vendo isso e é bem chato.
    Amei a atitude!

    ResponderExcluir
  3. Que delícia de livro!
    Amei demais a ideia do livro, e esse vídeo apaixonante com essas meninas lindas e maravilhosas então? Quanta fofura *-*
    Com certeza vou comprar o livrinho para presentear minha sobrinha, que assim como eu, tem cabelos cacheados, ou melhor, caracóis nos cabelos ♥
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Que fofas essas "cacheadinhas"!!!!
    E realmente é genial essa ideia do livro e do vídeo.É uma forma de ensinar a criançada que todos os cabelos tem o seu charme.E que o preconceito é terrível.

    ResponderExcluir
  5. Amei esse livro, que dica de leitura maravilhosa, super fofo esse vídeo!

    ResponderExcluir

Que prazer em ter você aqui! Entre e sinta-se à vontade.
Se gostou do post (ou não), deixe um comentário. Sua opinião é muito importante pra melhorar cada vez mais o blog. =)