Namorado de Aluguel - Kasie West


Título: Namorado de Aluguel
Autor(a): Kasie West
Editora: Verus
Nº de páginas: 250
Onde comprar: Submarino | Saraiva | Americanas | Fnac | Cultura
Nota:

Quando Bradley, o namorado de Gia Montgomery, termina com ela no estacionamento do baile de formatura, ela precisa pensar rápido. Afinal, ela vem falando dele para suas amigas há meses. Esta era para ser a noite em que ela provaria que ele não é uma invenção de sua cabeça. Então, quando vê um garoto esperando pela irmã no estacionamento do baile, Gia o recruta para ajudá-la. A tarefa é simples: passar por namorado dela — apenas duas horas, nenhum compromisso, algumas mentirinhas. Depois disso, ela pode tentar reconquistar o verdadeiro Bradley.
O problema é que, alguns dias depois do baile, não é em Bradley que Gia está pensando, mas no substituto. Aquele cujo nome ela nem sabe. Mas localizá-lo não significa que o relacionamento de mentira deles acabou. Gia deve um favor a esse cara, e a irmã dele tem a solução perfeita: a festa de formatura da ex-namorada dele — apenas três horas, nenhum compromisso, algumas mentirinhas.
E, justamente quando Gia começa a se perguntar se pode transformar seu namorado falso em real, Bradley reaparece, expondo sua farsa e ameaçando destruir suas amizades e seu novo relacionamento.
Inteligente e maravilhosamente romântico, Namorado de aluguel retrata a jornada inesperada de uma garota para encontrar o amor — e possivelmente até a si mesma.

Resenha escrita em parceria com a Dreeh, do blog Mais que Livros.

O dia da formatura chegou. Muitos adolescentes estão empolgados com o fim eminente do colegial, mas tudo que Gia Montgomery consegue pensar é que poderá, enfim, apresentar seu namorado lindo, gostoso e universitário para as amigas. Eles se conheceram há dois meses no campos da UCLA, quando ela foi visitar o irmão, e desde então se viram bem pouco, já que a universidade fica a algumas horas de distância da cidade. Por isso, quando estão juntos, eles querem aproveitar o momento sozinhos. O resultado é que ninguém conhece Bradley. e a mais nova integrante do seu grupo de amigas, Jules, parecia disposta a convencer todos de que o garoto não existia. Ela não entendia o porquê dessa rivalidade, mas acabaria com um problema de cada vez. Só que não.

Com uma justificativa muito furada só para ela, Bradley decidiu terminar o namoro bem ali, no estacionamento do baile. Ela se negava a passar por mentirosa e, num ato de desespero, acabou entrando em uma confusão daquelas. Perto de onde ela estava, um garoto - que obviamente não era do colégio - estava sentado em seu carro lendo um livro. Ao avistá-lo, a ideia surgiu em sua mente: ele seria seu namorado de mentira. Seriam duas horas, algumas mentirinhas, um rompimento dramático e tudo acabaria bem. Era um plano simples, eficiente, não tinha como dar errado. Só que deu tudo errado, pra ela. Após o baile. aquele garoto, que em uma situação normal dificilmente chamaria sua atenção, não saía da sua mente. E ela nem ao menos sabia o seu nome! A única informação que tinha era que a irmã dele estudava no mesmo colégio que ela. E agora, o que Gia faria?

Eu sei, já da para avistar todos os erros dessa história, todos os pontos em que a protagonista errou e as situações que irão se complicar depois. Isso porque vocês nem leram a sinopse, ela conta tudo mesmo. O livro é bem isso, adolescente e previsível, e ainda assim, traz assuntos sérios e de grande importância para a nossa geração. A escrita de Kasie West é descontraída, refletindo muito bem o espírito jovem. Eu já tinha outros livros da autora na lista de leituras, e a boa experiência está me fazendo querer mais obras suas.

Essa história tem tantos personagens legais que fica até difícil escolher algum. O meu preferido é o namorado de mentirinha de Gia. Sério, se ela achava o Bradley perfeito é porque ainda não tinha conhecido esse menino. Ele pode não ser um galã, mas está longe de ser feio, e é tão fofo e divertido... Além disso, ele traz sua irmã Bec para a história, e ela é demais. Tem alguém querendo história dela por aqui?! Ela faz a linha rebelde, mas na verdade só quer ser ela mesma, sem nenhuma amarra. Bec tem seus motivos para querer Gia bem longe de sua família, mas reconhece que a garota pode ser de grande valia e. mesmo contra sua vontade, acaba por reaproximá-la de seu irmão. E a mãe deles, eu falei sobre ela? Ahhh gente, essa família é muito amor! Ao contrário de uma outra aí...

Essa história tem dois problemas centrais, e um deles pode ser atribuído a Jules. Ela é nova no pedaço e foi adotada por seu trio de amigas, que agora virou quarteto, mas que está quase voltando a ser trio. Só não se sabe, ainda, quem é que ficará de fora. A garota faz questão de ser do contra! Investiga, mente, questiona... tudo que puder fazer para gerar atrito entre as meninas, pode ter certeza que ela fará! A autora até tentou redimi-la no final, dando uma justificativa aceitável para tal comportamento, mas sinceramente? Existiam formas mais simples e bem menos dolorosas de se resolver a questão, e isso vale para as trapalhadas de Gia também. Ainda bem que nossa protagonista amadurece ao fim da história, ela nem tinha outra opção depois de todas as situações pelas quais passou.

Todo livro que aborda temas colegiais costuma mostrar o quanto os jovens são influenciáveis, principalmente por aqueles com quem convivem, e são raras as vezes que essa influência é boa. Namorado de Aluguel vai um pouco mais além, mostrando que esse não é um problema que se limita a uma faixa etária. Como a leitura é bem rápida, dê uma chance para esse livro, mesmo que sua época de colégio já tenha passado há algum tempo.
Giulia Ladislau
26 anos. Filha do Rei. Carioca da gema. Aliança na mão esquerda. Pedagoga por formação, militar por profissão, revisora por paixão. Fascinada por livros desde quando nem se entendia por gente.

7 comentários

  1. Oi, Giulia!
    Amei sua resenha. Também já li outras desse livro e todas passam a mesma impressão de que o romance é lindo, cativante e muito fofo. A capa é simplesmente muito linda, e saber que encontraremos uma história cheia de personagens únicos e apaixonantes e o quanto toda a narrativa te conquistou, tenho criando grandes expectativas. Quero fazer a leitura o mais breve possível.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  2. Oi Giulia, eu já tinha visto esse livro antes, mas ele não tinha me chamado muita atenção por a sinopse ser muito "bobinha", mas só depois de ler algumas resenhas é que acabei o adicionando na minha lista.
    A leitura parece ser bem leve e envolvente, e eu fiquei super curiosa para conhecer o fofo desse namorado de mentira.
    E já não gostei dessa Jules, mas fiquei curiosa pra saber qual foi a justificativa do comportamento que a autora deu pra ela.
    Espero conseguir ler em breve, beijo!

    ResponderExcluir
  3. Achando que esse livro é mais do que pensei...
    O clima de colegial me fez achar que teria uma leitura passável, dessas que nem faz falta se acabar não lendo e por isso não dei muita bola pra ele. Mas estou vendo muita resenha boa e atiçou minha curiosidade. Parece que esse é um que vale a pena ler, afinal de contas. Mesmo que a época de escola já tenha passado, como disse.
    Os personagens tem uma personalidade bem feita pelo jeito, a história é marcante. Quero ver se pego também.

    ResponderExcluir
  4. Oi Giulia!
    Li o livro, porem não gostei tanto dele, nem daria 4 estrelas, ia logo para 3... Acho que você conseguiu resumir bem ele para mim, mais para mim mesmo sendo uma trama colegial teve muito mimi...
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Já estava bastante interessada em ler esse livro só pela sinopse, e agora depois de ver essa resenha fiquei ainda mais curiosa em conferi, curto história que se passa na época de colégio.

    ResponderExcluir
  6. Olá Giulia,
    Quero muito ler Namorado de Aluguel desde que vi o lançamento, pois adoro ter a opção de uma leitura mais leve, com um romance apaixonante e previsível, após uma leitura mais intensa, e pelo que já li nas resenhas desse livro, a história parece ser bem fofa e cativante. Além disso, adoro livros que trazem uma mensagem no final, e esse por trazer a reflexão sobre amizades verdadeiras e sinceras já me ganhou. Quero ler já nesse próximo mês!
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Oi,
    Minha fase de colégio já acabou tem uns anos (santa carinha de 16 me ajuda disfarçar os 22 anos e ser uma "senhora casada", rs) mas esse livro está na minha lista sim! Gosto de livros leves e divertidos e esse se encaixa perfeitamente.

    ResponderExcluir

Que prazer em ter você aqui! Entre e sinta-se à vontade.
Se gostou do post (ou não), deixe um comentário. Sua opinião é muito importante pra melhorar cada vez mais o blog. =)