As Relações Perigosas - Chordelos de Laclos


Título: As Relações Perigosas
Autor(a): Chordelos de Laclos
Editora: Penguin Companhia
Nº de páginas: 480
Onde comprar: Submarino | Saraiva | Americanas
Nota:

Durante alguns meses, um grupo peculiar da nobreza francesa troca cartas secretamente. No centro da intriga está o libertino visconde de Valmont, que tenta conquistar a presidenta de Tourvel, e a dissimulada marquesa de Merteuil, suposta confidente da jovem Cécile, a quem ela tenta convencer a se entregar a outro homem antes de se casar.

Começo a resenha pedindo desculpas, pois demorei quase 4 meses para finalmente conseguir resenhar As Relações Perigosas. O teor dele é tão complexo que, se corresse com a leitura, acabaria deixando de lado muitos detalhes importantes.


As Relações Perigosas vai contar, através de um romance epistolar (realizado por meio de cartas), a história da marquesa de Merteuil. Ela pede ao Visconde de Valmont que ele seduza Cécile de Volanges. Cécile é uma jovem ingênua, doce, que saiu de um convento recentemente. Ela é prima da marquesa e, como a moça está prometida a um senhor que era amante de Merteuil, resolve fazer este pedido, pois este mesmo homem era seu amante e a havia abandonado. Essa era uma maneira de fazer vingança e se divertir com essa presa fácil que era a prima.

É claro que Valmont não vê graça nesse jogo de sedução e prefere seduzir outra mulher, a madame de Tourvel, casada e conhecida por ser inatingível. A partir daí sua vontade aumenta cada vez mais e ele não descansa enquanto não consegue o que quer.

Entre arranjos e desarranjos, o enredo é finalmente formado. Os personagens são maravilhosos, e a trama complexa por demais. Por serem cartas, ela progride de forma mais lenta, principalmente porque temos diversos pontos de vistas sendo abordados em cada uma delas. As intrigas causadas ali são o ponto alto do texto. A escrita não é de todo rebuscada. Então, mesmo sendo escrito no século XVIII, conseguimos acompanhar o raciocínio numa boa. Alguns personagens são cruéis, então vemos até onde as pessoas estão dispostas a ir para obter benefícios próprios.


Assim como o público francês que acompanhou a publicação do livro ficou chocado, eu também fiquei ao final da leitura, pois ele reflete a realidade nua e crua de uma sociedade depravada. Chordelos não tem papas na língua e abusa da ironia durante a construção da narrativa.

Não encontrei erros de revisão e a diagramação é inteira simples. Esta edição da Penguin não tem orelhas e é bem revoltante, porque as pontas dele estão agora totalmente amassadas, rs. Isso porque eu tomei um baita cuidado! Acho válido repensar isso para as próximas edições, rs.

Em suma, As Relações Perigosas foi um grande achado e com certeza um livro para ser relembrado e relido! E o bacana é que, além da minissérie produzida pela Globo, a obra já havia se tornado filme, em 1959!!!
Pamela Moreno
Formada em Letras, optou por seguir duas carreiras que ama: lecionar e revisar. Acredita que pode mudar o mundo com simples gestos do cotidiano. Geminiana. Paulista. Para uma apaixonada pela leitura desde pequena, administrar um blog literário é muito mais que um simples hobbie.

Um comentário

  1. Pamela, tudo bom??

    Fiquei interessada, pois vi mesmo que passou uma minissérie na globo. Apesar de quase não ver tv, via uma propaganda vez ou outra. E essa capa? Não gostei =/ mas a história parece ser boa mesmo!

    Já estou seguindo.

    Faça-nos uma visita

    Colecionadores de Livros

    ResponderExcluir

Que prazer em ter você aqui! Entre e sinta-se à vontade.
Se gostou do post (ou não), deixe um comentário. Sua opinião é muito importante pra melhorar cada vez mais o blog. =)