Percatempos - Gregorio Duvivier


Título: Percatempos
Autor(a): Gregorio Duvivier
Editora: Companhia das Letras
Nº de páginas: 112
Onde comprar: Submarino | Saraiva | Americanas
Nota:

Depois de surpreender a todos com sua verve poética, em Ligue os pontos, e de se consolidar como um dos mais inventivos cronistas brasileiros da nova geração, com Put some farofa, o aclamado ator e roteirista do Porta dos Fundos revela nova face de seu talento. Com influência de Millôr, Sempé, Steinberg e de sua avó Ivna, Gregório Duvivier nos oferece dezenas de desenhos inéditos de nanquim e aquarela, que conciliam o lirismo, a irreverência e o engenho já familiares a seus fãs. Em um passeio pelo repertório cultural do autor, vemos reinventadas vida e língua cotidianas. A originalidade e o frescor de Gregório estão de volta, dessa vez para enriquecer a tradição de nosso humor gráfico.  

Decepção. Acho que esta é a palavra que mais define meu contato com Percatempos. Quer saber o porquê? Só continuar lendo e acompanhe minha opinião sobre o mais novo livro de Gregorio Duvivier.

No início tinha uma curiosidade imensa. Primeiro porque nunca tinha acompanhado nenhum texto escrito pelo autor, segundo porque eu já o conhecia através do Porta dos Fundos. Mas eu jurava que o livro era escrito na forma de romance, bonitinho, igual à maioria.

Minha surpresa começou quando olhei pelo lado estético desde a capa. Ele se parece muito com os cadernos moleskines (e eu sempre quis ter um, rs). Mas minha surpresa maior chegou quando o abri. Ele era totalmente ilustrado, utilizando coisas do cotidiano como partida para frases de humor.


E ele usa desde elementos das ferramentas digitais - caps lock, negrito, itálico - até religião. Além disso, as frases ou palavras são brincadeiras também com o que já existe.

Acho que o problema maior em Percatempos> foi que não encontrei propósito nenhum a ele, a não ser perder meu tempo, rs. Infelizmente não foi dessa vez!

Mas a arte gráfica dele é maravilhosa: a capa atrativa, o cuidado que a Companhia teve com todo o projeto gráfico e os desenhos bem feitos.
Pamela Moreno
Formada em Letras, optou por seguir duas carreiras que ama: lecionar e revisar. Acredita que pode mudar o mundo com simples gestos do cotidiano. Geminiana. Paulista. Para uma apaixonada pela leitura desde pequena, administrar um blog literário é muito mais que um simples hobbie.

Um comentário

  1. recentemente vi esse livro na saraiva quando fui dar uma olhada em algumas coisas e nem sabia dessa obra, ai quando estava olhando e vi por dentro eu fiquei completamente desanimada.
    pensei q seria ao menos legalzinho, mas nem isso. achei realmente uma perda de tempo como vc disse.

    ResponderExcluir

Que prazer em ter você aqui! Entre e sinta-se à vontade.
Se gostou do post (ou não), deixe um comentário. Sua opinião é muito importante pra melhorar cada vez mais o blog. =)