{ na plateia } Meu Passado Não Me Condena

Você gostaria de saber tudo sobre a vida de um artista?
Como iniciou a carreira, vida pessoal, personagens, como são feitas as cenas e como funciona o roteiro de uma gravação, perrengues, fama, relação com a mídia, amigos, viagens e namoro?
Se você tem essa curiosidade, Fernanda Souza irá resolver seu problema!
Numa espécie de stand up moderno, a atriz relembra seus personagens de sucesso (Mili de Chiquititas, Mirna de Alma Gêmea, Carola de O Profeta, Isadora de Toma lá da cá, dentre outros) ao longo de vinte e cinco anos de carreira e usa a plateia como se estivesse num confessionário.
Em setenta e cinco minutos de pura diversão e humor, a atriz promete tornar a plateia sua "melhor amiga"! Um espetáculo para todas as idades, onde muito humor e emoção se misturam e encantam a todos que assistem.

Sábado passado foi dia de teatro! Eu e Eli fomos encontrar a Mili, gente!!! Não adianta, podem passar quantos anos forem, Chiquititas sempre será lembrada com muito carinho. E a Fernanda era a protagonista, a que todos disputavam pra ser (menos eu, porque amava a Vivi). Já tinha lido que a peça era um resumão da vida pessoal e profissional dela, mas não esperava rir tanto.

Fernanda Souza conta pouco de sua história desde quando iniciou na carreira, passando por todos os seus trabalhos e mesclando com fatos de sua vida pessoal. É um pouco complicado separar esses 2 lados quando se começa tão cedo, mas ela soube matar a nossa curiosidade de fã e dividir conosco os momentos mais importantes dos seus 31 anos.

Sem dúvida a personagem mais famosa, pelo menos pra quem tem mais ou menos a minha idade, é a Mili. Também lembro bastante da Miiiiiiirna (Alma Gêmea) e da Soninha/Aninha (Muita calma nessa hora). Mas não fazia ideia, por exemplo, de que a carreira dela tinha começado bem antes do mexe mexe mexe com as mãos. E muito menos imaginava que, entre isso e a atual Escolinha do Professor Raimundo, tinha uma história de frustração e superação.

O cenário é bem simples: uma poltrona, um telefone, uma mesinha e uma mala, com algumas luminárias acima desse pequeno espaço. O resto do palco todo é preenchido pela presença da atriz, que explora toda a extensão e ainda interage com o telão ao fundo. A sonoplastia é a cereja do bolo, sendo um complemento perfeito ao texto. Fernanda é bem divertida, interagindo com o público em vários momentos da peça e incorporando imprevistos à sua fala.

Meu Passado já está há mais de 1 ano rodando pelo Brasil, alcançando um público grande de fãs da chiquitita e da mulher que adora uma rede social. (Dica: acompanhe a Fernanda no Snap antes de ver a peça pra entender algumas piadas, especialmente as relacionadas à sobrinha) Prepare-se pra rir de gargalhar com as tiradas e improvisos.

Gostou? Se liga aqui pra saber informações e garantir seu ingresso.
A peça tem pouco mais de 1 hora de duração e está em cartaz no Teatro Fashion Mall (São Conrado) até 27/03. São 2 dias de apresentação: sábados às 21h30 (R$90,00) e domingos às 20h (R$80,00). A classificação é 12 anos, mas tinha criança lá na plateia.

Ah! No fim de tudo ela tira selfie com a gente. Tapei todos os buraquinhos do meu coração!!!


Para maiores informações, promoções, novidades e descontos, acesso o site do Rio no Teatro e fique por dentro de tudo que rola!
Giulia Ladislau
26 anos. Filha do Rei. Carioca da gema. Aliança na mão esquerda. Pedagoga por formação, militar por profissão, revisora por paixão. Fascinada por livros desde quando nem se entendia por gente.

Um comentário

  1. Oi Giulia!!
    Que legal, não sabia que a peça falava sobre a ida dela pessoa e profissional.
    Muito bacana o trabalho dela mesmo!
    Que ela continue brilhando por onde for!
    Bjos!
    Aline Praça
    www.leituravipblog.com

    ResponderExcluir

Que prazer em ter você aqui! Entre e sinta-se à vontade.
Se gostou do post (ou não), deixe um comentário. Sua opinião é muito importante pra melhorar cada vez mais o blog. =)