Dançando Sobre Cacos de Vidro - Ka Hancock


Título: Dançando Sobre Cacos de Vidro
Autor(a): Ka Hancock
Editora: Arqueiro
Nº de páginas: 336
Onde comprar: Submarino | Saraiva | Americanas | Casas Bahia
Nota:

Lucy Houston e Mickey Chandler não deveriam se apaixonar. Os dois sofrem de doenças genéticas: Lucy tem um histórico familiar de câncer de mama muito agressivo e Mickey, um grave transtorno bipolar. No entanto, quando seus caminhos se cruzam, é impossível negar a atração entre eles.

Contrariando toda a lógica que indicava que sua história não teria futuro, eles se casam e firmam – por escrito – um compromisso para fazer o relacionamento dar certo. Mickey promete tomar os remédios. Lucy promete não culpá-lo pelas coisas que ele não pode controlar. Mickey será sempre honesto. Lucy será paciente.

Como em qualquer relação, eles têm dias bons e dias ruins – alguns terríveis. Depois que Lucy quase perde uma batalha contra o câncer, eles criam mais uma regra: nunca terão filhos, para não passar adiante sua herança genética.

Porém, em seu 11° aniversário de casamento, durante uma consulta de rotina, Lucy é surpreendida com uma notícia extraordinária, quase um milagre, que vai mudar tudo o que ela e Mickey haviam planejado. De uma hora para outra todas as regras são jogadas pela janela e eles terão que redescobrir o verdadeiro significado do amor.Dançando sobre cacos de vidro é a história de um amor inspirador que supera todos os obstáculos para se tornar possível.

Lucy Houston é a caçula de três irmãs, o pai delas morreu quando elas eram ainda bem pequenas e a mãe se foi quando estavam na adolescência. Há alguns anos são apenas as três, uma cuidando da outra. Desde a perda dos pais, o peso da genética cancerígena que paira sobre elas herdado pelo lado materno as assombra; as irmãs vivem em alerta para qualquer coisa que pareça “anormal” e que possa ser câncer.

Ainda muito jovem Lucy se apaixonou por Mickey, um homem inteligente e bem-humorado, mas que também carrega um fardo genético ainda mais delicado do que o de Lucy. Mesmo ele sendo bipolar, vivendo entre dias bons e ruins e Lucy vivendo à sombra dessa terrível doença destrutiva, eles fazem dar certo e se casam e com muita paciência e amor estão completando onze anos de casados.

Devido à herança genética incomum de ambos, eles decidem não ter filhos, com medo de passar adiante suas “anomalias” genéticas. Lucy faz uma laqueadura, mas alguns anos depois, como prova de que não temos controle nenhum de nosso futuro, em um dos exames de rotina de Lucy para acompanhar se há alguma mudança problemática em seu corpo, ela descobre que esta grávida.

Imediatamente o medo e a insegurança os invadem, mas novamente juntos resolvem provar a todos que podem ser bons pais, que mesmo com todas as dificuldades e surpresas que não param de chegar à vida deles eles podem sim criar o filho com todo amor do mundo, podem fazer dar certo novamente.

Dançando sobre Cacos de Vidro traz uma narrativa em primeira pessoa intercalada entre Lucy e Mickey e uma trama intensa e emocionante. Além de acompanhar os dramas e as dificuldades do casal, conhecemos também mais de perto as irmãs de Lucy, que são de extrema importância para a evolução e desenvolvimento da história. A união e o amor compartilhados por elas são inspiradores.

Ka Hancock abordou o mundo psiquiátrico e a bipolaridade de maneira clara, sensível e realista. Mesmo o foco principal sendo temas tão dolorosos, ela foi minuciosa e delicada, o leitor se apaixona e se envolve com os personagens mágicos e intensos criados por ela.

A leitura flui de maneira rápida, mas bem intensa. A carga emocional é pesada e, devido aos capítulos iniciais se alternarem entre o passado e o presente, o leitor acaba se conectando tanto com o enredo quanto com os personagens, conseguindo imaginar e entender os que eles estão sentindo.

No fim somos arrebatados por um final emocionante e reflexivo, Dançando Sobre Cacos de Vidro é um livro de amor, família, esperança, superação, perdão e autoconhecimento. Uma leitura de deixar marcas profunda, capaz de te fazer chorar, sorrir, se emocionar e aprender o verdadeiro significado de amar.

– Lucy, todo casamento é uma dança: complicada às vezes, maravilhosa em outras. Na maior parte do tempo não acontece nada de extraordinário. Com Mickey, porém, haverá momentos em que vocês dançarão sobre cacos de vidro. Haverá sofrimento. Nesse caso, ou você fugirá ou aguentará firme até o pior passar.
Suzi Andrade
27 anos, estudante de Letras, mineira, casada. Gosto de séries de TV, de escrever e também de chocolate. Sou leitora e compradora compulsiva de livros. Acredito que ler enriquece a alma e a mente!!

Um comentário

  1. Quando eu li esse livro fiquei uma semana ruim depois, penando no que tinha lido e tal. É lindo, mas recomendo que a pessoa leia no momento certo. Não si, fui arrebatada por ele e espero que isso aconteça com todo mundo, poque sempre recomendo ele.

    Muito real o enredo, tocante e visceral. Perfeito!

    Bjs, @dnisin
    www.sejacult.com.br

    ResponderExcluir

Que prazer em ter você aqui! Entre e sinta-se à vontade.
Se gostou do post (ou não), deixe um comentário. Sua opinião é muito importante pra melhorar cada vez mais o blog. =)