Ivy: Ensina-me a Sentir - S. Quinn


Título: Ensina-me a Sentir (Ivy #1)
Autora: S. Quinn
Editora: Fundamento - Himmel
Nº de páginas: 312
Onde comprar: Loja Virtual
Nota:

Uma aluna talentosa. Um professor com um passado sombrio. Luz e Escuridão atraídos por um romance proibido. Sophia Rose mal pode acreditar na sorte que teve ao conseguir uma bolsa de estudos no curso de Teatro Criativo do conceituado Ivy College. O proprietário da instituição é, ninguém mais ninguém menos, que o sexy ator Marc Blackwell. Marc também é um dos professores do Ivy College. Rígido e extremamente disciplinado, é conhecido por levar seus alunos ao limite. Dono de uma reputação duvidosa e temperamento frio, Marc sempre está no comando seja no trabalho ou entre quatro paredes. Mas, quando ele conhece Soph, seu autocontrole começa a escorregar por suas mãos... lentamente... Soph jamais imaginara que poderia ter tanto poder. E, embriagada pelo mundo tentador que Marc lhe oferece, deixa-se levar pelas experiências sexuais mais fantásticas de sua vida, envolvendo punições e recompensas que ela se vê desejando cada vez mais. Mas, como Marc é professor de Soph, a reputação do Ivy College e o futuro profissional dela estão ameaçados. O amor deles sobreviveria a esse escândalo? Soph estaria disposta a arriscar tudo o que conquistou por uma relação conturbada com Marc? E o enigmático Marc Blackwell seria capaz de abrir mão de seu precioso controle para dar à Sophia o que ela tanto deseja?

O casal Hot da vez é Sophia e Marc. Ela é uma jovem que acabou de se formar, mas ainda vive com o pai. A mãe morreu quando ela era apenas uma criança, e agora seu pai tem uma nova mulher, que deu a ela um irmãozinho. Devido à perda da mãe tão cedo, Sophia acabou tomando a frente de sua casa e, após o casamento do pai, acreditando que mesmo com a madrasta em casa seria muito difícil para ele viver sem ela e seus cuidados, ela simplesmente adia sua vida para continuar sendo “empregada” de sua madrasta.

Incentivada por uma professora da faculdade, ela vai a Londres para uma audição na conceituada faculdade de teatro Ivy College em busca de uma pós-graduação. Ciente de que é quase impossível conseguir uma vaga, ela quase cai dura quando recebe sua carta de aprovação.

Após conseguir entrar na Ivy College com bolsa integral, todas as despesas pagas e moradia na própria faculdade, ela fica muito empolgada, ainda mais que um dos seus professores será o dono da faculdade, o talentoso e mal-humorado astro dos cinemas Marc Blackwell. Mesmo na dúvida se seu pai irá conseguir se virar sozinho, ela não podia desperdiçar essa grande oportunidade de crescer em sua profissão, e sua melhor amiga Jen a ajuda enxergar isso, então ela aceita.

Marc é um ator maravilhoso, um professor exigente e com pulso firme, atua desde muito pequeno e sua infância foi muito difícil e sombria. Com seu jeito durão e arrogante, ele busca fazer dos alunos da Ivy College os melhores atores possíveis. Desde a audição de Sophia, Marc não consegue tirá-la da cabeça, e com o começo das aulas o carinho e a atração só aumenta. Sophia também se sente atraída, e ambos estão confusos e pisando em ovos, afinal uma relação entre professor e aluna não seria nada profissional, além de colocar a carreira da jovem atriz em risco. Mas como resistir a essa louca atração?

Com uma narrativa intensa em primeira pessoa, Ensina-me a Sentir nos apresenta uma história previsível, com uma pegada leve de BDSM, sentimentalismo e muito drama familiar. A necessidade de Marc estar sempre no controle de tudo deu a impressão de que o fato de querer dominar Sophie fosse mais uma necessidade psicológica do que prazerosa. Sophia é ingênua, inexperiente e confusa, mas tem um grande coração. Confesso que a facilidade com que ela é enganada e controlada me deixou muito irritada em alguns momentos.

O entrosamento do casal é convincente, apesar de serem bem diferentes um do outro e terem se apaixonado meio que à primeira vista. Mesmo com o já citado enredo clichê, eu curti a trama. Com capítulos curtos, a leitura flui rápida e você acaba lendo sem ao menos sentir. Os personagens secundários são bem trabalhados e dão um toque a mais à história.

O final deixa uma grande ponta cheia de expectativa para o próximo volume, que estou bem ansiosa para ler e descobrir o desenrolar dessa loucura de amor.

Gostei também do fato de a autora ter apostado em um enredo bem escrito, não só focando no sexo em si, o que particularmente eu prefiro, afinal não é porque um livro é hot que o único conteúdo tem que ser a sacanagem. =X

A diagramação esta impecável, e é uma leitura gostosa de fazer. Recomendo a leitura para amantes de um bom romance com uma pitada leve de sexo e sensualidade.

Marc me observa atentamente, um sorriso malicioso se formando nos cantos de seus lábios. Sinto meu rosto congelar, e meus membros tremem estranhamente. Por que me sinto tão constrangida perto dele? Ele é apenas meu professor, eu já tive professores. Mas o modo como olha para mim faz com que me sinta nua.

6 comentários

  1. Oii Suzy!

    Nem vou falar que não sou fã de livros só com sexo pq vc já sabe.
    Eu achei interessante ela ter trabalhado um enredo por traz de tudo porque é muito importante e sempre faz falta.
    Sua resenha foi muito bem escrita. Gostei!


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  2. Olá Suzi! Perfeita sua colocação: não é porque é hot que tem ser só sexo o texto inteiro. Não gosto de Hot, mas quando o livro tem um enredo a mais, dou uma chance a leitura. Este livro aparenta ter algo mais do sexo, e quem sabe poderia ler. Sua resenha está ótima! Beijos!

    http://livrosepergaminhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Suzi.... mesmo com a pitada de BSDM que eu não curto de jeito nenhum, fiquei interessada na história... essa questão de professor e aluna eu curto muito ler... sei lá uma fantasia que já aconteceu comigo e nada rolou, então curto ler parece loucura né kkkkkk. Adorei a sua colocação sobre não é porque é hot que precisa ter só sexo... temos que nos vincular a história até mesmo para a leitura fluir.... gostei muito de sua resenha... Xero!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adoro essa temática de aluna e professor. Voce conhece outro livro para me indicar com este tema ?

      Excluir
  4. Pra mim é essencial as cenas de sexo, mas ódio quando o romance fica apenas nisso. Adoro um trama e uma historia que vai se desenvolvendo. Quando li o inferno de Gabriel, com o mesmo tema de aluna e professor, gostei que a historia é devagar para desenvolver pois, por mais que as coisas geralmente são a primeira vista, nestes casos, é uma coisa que demora para um dos dois tomarem uma atitude.
    Não li esse mas estou louca para ler, só que nunca achei em pdf e não consigo achar nas livrarias. Espero que me decepcionar quando ler pois pretendo compra-lo. E também espero que o sexo seja mais explicito do que no "O inferno de Gabriel", deixou a desejar as cenas.

    Adoro seu blog e seus comentários, deles eu tiro a base de quais eu quero ler haha.

    ResponderExcluir

Que prazer em ter você aqui! Entre e sinta-se à vontade.
Se gostou do post (ou não), deixe um comentário. Sua opinião é muito importante pra melhorar cada vez mais o blog. =)