Feitiço da Sombra - Nora Roberts

Esta resenha NÃO contém spoilers do primeiro livro.
Resenha de Bruxa da Noite


Título: Feitiço da Sombra (Primos O'Dwyer #2)
Autora: Nora Roberts
Editora: Arqueiro
Nº de páginas: 288
Onde comprar: Submarino | Saraiva | Americanas | Casas Bahia
Nota:

Connor O’Dwyer se orgulha de chamar o Condado de Mayo de seu lar. É lá que Branna, sua irmã, mora e trabalha e onde Iona, sua prima, encontrou o verdadeiro amor. Foi nessa terra que seus parentes e amigos formaram um círculo de proteção que nunca poderá ser rompido... Até que um beijo põe em risco a segurança de todos. Depois de um breve encontro com a morte, Connor e a melhor amiga de sua irmã se entregam um ao outro. Eles se dão bem desde a infância e, depois do tórrido encontro, o rapaz tem esperança de que esse relacionamento evolua. Para frustração dele, no entanto, Meara se contenta apenas com o prazer do momento, temendo se perder – e perder a amizade dele. Essa mudança em sua relação pode abalar o círculo e permitir que uma perigosa ameaça ressurja aos poucos, como uma névoa. Para detê-la, Connor precisará novamente da família e dos amigos para despertar a força e a fúria que correm em seu sangue. Quem sabe pela última vez.

Feitiço da Sombra é o segundo volume da trilogia Primos O'Dwyer, escrita por Nora Roberts e publicado pela Editora Arqueiro no Brasil.
A história se passa nos mesmos lugares e gira em torno das questões dos mesmos personagens, porém, cada livro é destinado a um casal principal formado por um dos primos.
A resenha está livre de spoilers do livro anterior.
Assim como no primeiro livro, este começa sendo narrado no passado, quando os filhos de Sorcha - Brannaugh, Teagan e Eamon - estão prestes a decidir o rumo de suas vidas, escondendo ou assumindo de vez a magia que a mãe lhes deixou. No tempo presente, de volta ao Condado de Mayo, a história se desenrola ao mostrar Iona e Boyle, Connor e Meara, Branna e Fin. Todos formam um Círculo, preocupados em proteger a família, a amizade e o amor que nutrem um pelo outro travando uma luta contra Cabhan, que quer destruir todos eles.

Em Bruxa da Noite, o livro anterior, quem teve espaço foi Iona e seu relacionamento com Boyle. Neste volume, Connor O’Dwyer é o personagem que ganha foco, assim como Meara, amiga de infância dele e da irmã Branna.

Em meio ao perigo que enfrentam, Connor e Meara resolvem se entregar um ao outro, se rendendo a uma atração que já existia há muito tempo, mas ela não acredita mais no amor devido ao trauma pelo próprio pai ter abandonado a família. Meara só deseja aproveitar o momento sem que nada se torne sério e resiste a começar algo com Connor que, acostumado a sempre conseguir o que quer, deseja que o sentimento seja correspondido e tem esperanças de que eles engatem um relacionamento.

O problema é que Cabhan não foi derrotado como imaginavam e ainda quer destruir suas vidas, e sua brecha é a ideia do Círculo abalado pela fragilidade do relacionamento de Connor e Meara devido à resistência da moça...

Narrado em terceira pessoa, acompanhamos uma história cuja força está no Círculo. O tema da trilogia é mais voltado para a família e a forma como a união e o amor rege a vida de cada um dos envolvidos.

Apesar de o livro estar com uma revisão um pouco mal feita, a narrativa se desenvolve de forma fácil, fluida e lírica, mas em alguns diálogos houve algumas transições entre personagens de forma que eu mal sabia quem era quem. Todos têm o costume de falar do mesmo jeito e não têm particularidades nesse quesito que pudessem diferenciar um do outro, me confundindo em alguns trechos.

A história acaba sendo previsível pelo fato de girar em torno da mesma coisa e não ter grandes mudanças, ação ou reviravoltas. O enredo se desenvolve de forma repetida, e por esse motivo não surpreende, mesmo que os elementos mágicos estejam presentes.

Connor é aquele tipo de personagem que tem "experiência" quando o assunto é mulher, mas nem por isso é visto como alguém que arrasa e parte corações por onde passa. Ele parece ser o personagem mais focado entre os primos, sempre seguindo em frente com o pé no chão e sem descansar enquanto não atinge seus objetivos. Mas em alguns momentos ele age por impulso e se mete em problemas que não deveria, o que acaba tirando a paciência de qualquer um.

Meara é forte e determinada, tem problemas de confiança, mas ainda assim não se deixa abalar por coisas pequenas. O que ela não quer é se envolver amorosamente para evitar uma decepção maior, e pra mim foi um motivo compreensível.

Os personagens de forma geral, incluindo principais e secundários, são essenciais para o desenrolar da história e possuem um vínculo tão intenso, independente de seus propósitos, personalidades ou compreensão, que passam a mensagem de que o que realmente importa nessa vida é a amizade verdadeira, a família unida e o amor, e que tudo isso junto pode superar qualquer obstáculo. A relação deles foi construída de uma forma bastante real, apresentando características simples de um convívio social rotineiro do dia a dia que acabam sendo a melhor parte da história.

Achei que o nome do livro foi bastante adequado visto que se trata do feitiço utilizado por Cabhan para perseguir os O'Dwyer, além de que a autora ainda se aprofundou no feitiço que possibilita que os personagens façam viagens no tempo cruzando passado e presente de forma que haja interação com os filhos de Sorcha.

Acho que para que a história de Iona iniciada no primeiro livro não ficasse completamente esquecida, podemos acompanhar algumas poucas cenas dela e Boyle. O romance não é trabalhado e tampouco ganha espaço. Somente a ideia de que eles estão prestes a se casar se faz presente. E, por não ter curtido muito o romance deles, não me importei que isso tenha ficado pra escanteio nesse volume.

O livro, apesar de não ter superado totalmente minhas expectativas, teve um bom aprofundamento ao trabalhar a história dos personagens, dando mais espaço ao relacionamento e sem deixar a luta contra o mal em segundo plano.

A ideia do amor e da amizade ligada a laços familiares fortes e inquebráveis, e ainda tendo a Irlanda como pano de fundo, é algo encantador e com certeza vai chamar atenção de todos que apreciam uma leitura rica em detalhes e que explora o universo mágico de forma convincente.

No mais, pretendo terminar a trilogia e aguardo por "Blood Magick", terceiro e último livro que ainda está sem previsão de lançamento no Brasil. Nele, enfim, poderemos saber mais sobre Branna e Fin.

14 comentários

  1. Oii Flávia!!

    Eu recebi esse livro por um erro da editora e como minha tia é muito fã da Nora, ela de dispôs a comprar o primeiro livro para poder ler os dois. Acabei ficando com eles quando ela voltou para o México.
    Acho a história agradável e me atrai o fato do romance ficar de lado, porque estou um pouco cansada de romances HUSAHUSh.
    Espero gostar dos dois livros e espero que o terceiro feche bem essa trilogia :D


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Flávia, tudo bem?
    Eu estou no começo desse livro e gostei muito do primeiro volume. O que não gostei (nos dois livros) é a história do passado, não consegui me conectar.
    Que pena que a história é previsível, espero não achar isso. O que mais gosto dessa trilogia é questão da família e do amor entre essas pessoas.
    Acredito que o melhor livro da trilogia vai ser o último, porque adoro Branna e Fin. Parabéns pela resenha.

    Beijos
    Leitora Sempre

    ResponderExcluir
  3. Ola Flavia que pena que o a leitura não foi tão boa e essa bagunça na narração dos personagens deve atrapalhar, confesso que sou fã da Nora, leio tudo que escreve e com esse livro não será diferente, como romântica gostaria de mais romance. Mesmo assim vou ler. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  4. Oi, Flávia. Tudo bem? A impressão real que tenho com sua resenha é que esse livro não se difere tanto assim do primeiro volume. Acho interessante o que os autores estão fazendo de lançar uma historia e cada volume tratar de outro personagem (seja da familia ou não), mas realmente não é bem o tipo de livro que eu pegaria para ler Beijos.
    Blog Cantar Em Verso

    ResponderExcluir
  5. Essas revisões são de cortar o coração, mas que bom que dá para ler haha
    Quero muito ler essa série da Nora, tenho o 1º, será a primeira obra que leio dela, tenho muita esperança de que vou gostar. Afinal sou apaixonada por magia ♥ hahaha

    Beijinhos ;*
    http://www.guardiadebibliotecas.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Ei Flávio, tudo bem?

    Nunca li nada da Nora e quando vi essa série fiquei bastante interessada por se tratar de bruxos, mas agora fiquei meio na dúvida com a série.
    Acho que vou esperar o ultimo sair.

    Bjin da B
    Mundo B - Paixão, Amor e Outros Vícios
    http://www.brendalandim.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Eu gosto muito da Nora, mas acho que não lerei essa trilogia, apesar de curtir o fato dela ser mais voltada para a família e a forma como a união e o amor regem a vida dos envolvidos e o jeito como as personagens foram trabalhadas. A questão da revisão um pouco mal feita e de transições confusas nos diálogos pesam de forma bem negativa para mim.

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  8. E aí Fla.
    Eu não consegui me ligar nessa trilogia, mesmo amando o gênero, e agora lendo sua resenha, vejo que fiz um boa escolha em não ter me aventurado. rs
    O romance, a situação, os personagens, ainda que tenham te cativado e falado bem sobre como a autora aborda a amizade, o amor, companheirismo, continuo passando a vez. No momento, ao menos. Quem sabe mais a frente eu me aventure na historia.

    Beijos Ana Zuky

    ResponderExcluir
  9. Oi Fla, tudo bem??
    Menina que resenha maravilhosa essa que eu li aqui ein... parabéns curti bastante... fico impressionada quando leio uma resenha tão bem desenvolvida de modo que podemos compreender os acontecimentos de maneira simplificada.. bom eu já tive muita vontade de ler esses livros, mas sinceramente devo confessar que perdi a vontade conforme fui lendo as resenhas e por mais que a maioria tenha sido positiva, percebi que eu não iria curtir muito o enredo e talvez pudesse até abandonar a leitura e como me conheço, prefiro não arriscar... percebi que por mais que você tenha colocado algumas ressalvas o livro teve uma leitura satisfatória e ainda te deixou curiosa para o livro final... xero!!!

    ResponderExcluir
  10. Oi Flávia (e Giulia), tudo bem?
    Nunca li nada da Nora (me julguem), mas tenho o primeiro volume dessa trilogia e morro de curiosidade.
    Aesar da previsibilidade que você citou, sigo interessa e bastante curiosa em relação a trilogia como um todo. Gostei de saber que cada livro foca num casal diferente e gostei mais ainda de saber da riqueza de detalhes presente no livro.

    Parabéns pela resenha!

    Beijos,
    Amanda
    http://www.confissoesfemininas.com/

    ResponderExcluir
  11. Oi Flávia, tudo bem?
    Não sei o motivo, mas essa série não me interessou desde o início, e saber que o segundo livro não superou totalmente suas expectativas me deixa ainda mais desanimada. Passo essa dica sem medo.

    Bjs, Glaucia.
    www.maisquelivros.com

    ResponderExcluir
  12. Oi Flavinha , sua linda, tudo bem
    Pelas resenhas que tenho lido, essa trilogia tem ficado na média, não tem agrado por completo. A impressão que tenho é que a Nora tem excelentes livros e alguns mais tranquilos, só para distrair, sem fortes emoções, risos... O amor deles como família foi o que despertou meu interesse no primeiro livro e como ele se destaca aqui no segundo livro, tenho certeza de que irá me agradar. Sua resenha ficou ótima!!!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi Flávia,

    Adoro a escrita da NR e já comprei o livro 1, falta comprar Feitiço da Sombra e esperar sair o terceiro para que eu possa ler todos em sequencia. Gosto da essência do livro que você disse nortear a trama que é família e a força do amor, isto realmente é muito importante para mim.
    Achei muito chato a revisão não ter sido feita com mais carinho o que acaba com o trabalho do autor, muita sacanagem, sem falar que em alguns momentos vc não sabia quem estava falando, isto é muito desagradável.
    Mas, como amo NR, magia e a Irlanda que é um dos meus sonhos de consumo, tenho certeza que a leitura valerá a pena.

    Bjs
    Tânia Bueno
    www.facesdlaitura.com.br

    ResponderExcluir
  14. Oie, eu posso ler primeiro o segundo livro? O que eu tenho no caso. Será que vou ter que comprar o primeiro? Beijos.

    ResponderExcluir

Que prazer em ter você aqui! Entre e sinta-se à vontade.
Se gostou do post (ou não), deixe um comentário. Sua opinião é muito importante pra melhorar cada vez mais o blog. =)