Chaves: A história oficial ilustrada


Título: Chaves: A história oficial ilustrada
Autor(a): Universo dos Livros
Editora: Universo dos Livros


Roberto Gómez Bolaños, o grande humorista que deu vida a Chaves e Chapolin Colorado, dois dos maiores sucessos da televisão, ganha uma homenagem em Chaves: A História Oficial Ilustrada. Criador e intérprete desses heróis que levaram o riso a milhares de pessoas ao longo de quatro gerações, Chaves é a celebração da trajetória de um artista exemplar. O leitor está diante de uma biografia que resume alguns dos episódios mais marcantes da vida e dos quase sessenta anos de carreira do escritor, roteirista, ator, diretor, dramaturgo, comediante e compositor mexicano. Um fenômeno que, acompanhado por um espetacular grupo de comediantes, superou a popularidade de outros grandes nomes da comédia, como Charles Chaplin. Há 25 anos, o seriado Chaves faz sucesso na televisão brasileira e vários livros já foram escritos sobre o fenômeno. Só que dessa vez, quem conta a história do garoto pobre e de todos os outros personagens da vila é o próprio intérprete, Roberto Gómez Bolaños.

Nesta obra maravilhosa temos a chance de conhecer a fundo a história dessa grande figura que alegrou (e alegrará para sempre, graças a seus trabalhos que nos foram deixados como uma bela herança) tantas gerações e conquistou corações de todas as idades e em diversos cantos do mundo.

Roberto Goméz Bolaños - ou Chespirito, como era conhecido - fez grandes obras e realizou tantas facetas ao longo de sua vida que nem se quer fazemos ideia. Neste livro conhecemos toda a sua trajetória, desde a infância humilde, quando sonhava em ser jogador de futebol, até se tornar a grande celebridade reconhecida em quase todo o mundo. Além de representar os nossos queridos Chaves e Chapolin, Roberto teve outros importantes papéis que o consagraram na TV Mexicana.

Algumas de suas séries foram exibidas em mais de 50 idiomas e transmitidas em 90 países diferentes. Além de excelente ator, ele fazia algo ainda melhor: escrever. Roberto era excelente escritor. Escreveu grandes roteiros para o cinema e tv, escreveu belíssimas letras de canções, belíssimos poemas. Suas obras eram tão boas que o mesmo foi apelidado de “Pequeno Shakespeare”, o qual deu origem ao seu famoso apelido de Chesperito, popularizado para o castelhano por seus amigos de trabalho.

E, além de tudo isso, teve suas peripécias na juventude, em que praticava boxe, natação e muitos outros esportes, afinal, na infância, apesar de magricela e baixinho, era bom de briga. Rs

Conhecemos também o lado romântico e apaixonado deste homem, como iniciou sua vida ao lado da tão conhecida Florinda Meza (Dona Florinda), como a conquistou, como se apaixonaram e como ele se portava diante do assédio dos homens à sua amada.
Conhecemos também o lado apaixonado de Roberto pelos filhos, os quais nos presenteiam com cartas escritas sobre o tão amado e dedicado pai.

Nestas belíssimas páginas me dei conta de que Roberto não era somente apaixonado pelo trabalho que escolheu fazer, pelos filhos e pela esposa. Ele era também um apaixonado pela vida, o bom humor era parte dele, a sua vida foi sempre vivida com bom humor e bondade, sem ganância ou grandes pretensões.

Para os fãs deste tão querido representante do bom humor puro e inocente, esta obra é um enorme presente.

Recheado de fotos de diversas fases da vida de Roberto, de seus companheiros e sua esposa, assim como de sua infância também.

É um belíssimo tesouro para aqueles que são apaixonados pelo Chaves e pelo Chapolin.

Se você assim como eu, era fã deste homem, não deixe de ter o seu exemplar de Chaves: A história oficial e ilustrada. É de emocionar, e difícil não se arrepiar com a grande história de vida desse grande homem que foi Roberto Bolaños.

Tenho pequenos momentos de infelicidade, como todo mundo; mas tenho momentos enormes de felicidade que nem todo mundo tem. Além disso, para continuar sendo jovem você tem que continuar a ter projetos. Quem os tem, pode ser jovem, mesmo se tiver 90 anos. Quem não os tem, é um ancião mesmo que tiver 15 anos.

18 comentários

  1. Ai que legal!
    Nunca tinha ouvido falar nesse livro, mas eu AMO Chaves, e conhecer ele por meio de palavras deve ser melhor ainda! Amei o post!
    Beijoss
    estantedorefugio.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Eu não sabia da existência deste livro... Como assim? Que perfeeeeeeeito! Eterno chaves♥
    Abraço, www.likelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oi, Jaqueline, tudo bem?
    Ah, o Roberto Bolaños vai estar em nossos corações para sempre, sem dúvida!
    Não é qualquer um que consegue nos fazer rir com os mesmo poucos episódios incontáveis e infinitas vezes, né?! Sou daquelas que decorou as falas de vários episódios e ainda sim ri com todas as trapalhadas.
    Não sou muito fã de biografias, confesso, mas adoraria saber um pouco mais sobre a vida do nosso eterno Chaves!
    Eu não fazia ideia de que além de ator o Roberto fosse tantas outras coisas rsrsr.
    Parabéns pela resenha!

    Beijos,
    Amanda
    http://minhasconfissoesfemininas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi, Flor! Tudo bom?
    Apesar de fazer algumas semanas desde a morte, parece que não consigo processar, ainda mais quando vejo minha filha assistindo Chaves, ela adora e eu amo ver isso. Gostei do fato dessa homenagem estar em forma de livro, tenho certeza que vai trazer grande emoção aos fãs! Uau, não fazia ideia de seus feitos, assim como você estou surpresa, e feliz por ele não apenas colocar um sorriso no rosto das pessoas com seu trabalho na TV, sempre tive a ideia dele ser uma pessoa carismática e eu estava certa. Adorei você ter trazido essa novidade aqui e quando puder, estarei comprando meu exemplar para ler e conhecer mais a fundo sobre esse homem que esteve presente em toda minha infância!

    Beijinhos,
    www.percepcoes.blog.br

    ResponderExcluir
  5. Ola Jaq, reconheço todo talento de Roberto, mas nunca fui fão de Chaves e Chapolin Vermelho rss. Então esse biografia eu deixaria passar no momento, quem sabe mais para frente eu leia e conheça melhor a vida do humorista. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Jaq,

    Gente eu necessito desse livro pra agora, não sabia que esse livro existia e agora eu quero, oh assim eu vou ficar pobre antes de ganhar dinheiro Hahaha, amo livros com fotos, dão um charme a mais na historia, Roberto vai fazer e faz muita falta, mas podemos matar a saudade assistindo a TV.

    Beijinhos
    Mayla

    ResponderExcluir
  7. Oi Jaque!!!
    Nossa, além de representar os nossos amados Chaves e Chapolin, Roberto ainda escrevia canções e poemas?! Ele realmente era O cara!
    Necessito desse livro, deve ser perfeito conhecer mais sobre a vida de alguém admirável como ele! Certamente irei adquirir esse livo.
    Parabéns pela resenha!
    Beijoos

    Lara - Magia Literária
    http://www.magialiteraria.com

    ResponderExcluir
  8. Nunca gostei muito deste seriado ou de seus personagens. Sempre achei tudo muito chato. Não é um livro que me interesse.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  9. Que lindo! Sabia que fiquei emocionada aqui? Eu realmente gostava muito de chaves quando eu era pequena :D E ainda assisto quando mudo de canal e vejo que está passando. Eu não sabia que ele era compositor e nem que escrevia poemas :D Que legal.
    Ele realmente vai ser lembrado no coração de muitas pessoas.
    E eu quero este livro já!
    Tem livro, tem história que é uma infelicidade não ter na estante.
    bjs

    www.horadaleitur.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Olá, fiquei com vontade de lê-lo, Chaves fez parte da minha infância e adolescência e mesmo sendo repetido milhares de vez sempre foi divertido =)

    Visite o blog "Meu Mundo, Meu Estilo"

    ResponderExcluir
  11. Oi Jaque, também curto muito o Roberto mas nunca pensei em ler nada sobre ele até ler sua resenha e me encantar. A obra parece ser maravilhosa, espero um dia ter a oportunidade de ler e me emocionar assim como você.

    Parabéns pela resenha!

    Bjs, Glaucia.
    www.maisquelivros,com

    ResponderExcluir
  12. Oi Jaque!!!

    Esse livro deve ser incrível, porque conta a história de um ser humano fantástico. Li algumas coisas sobre ele, porque a família toda é apaixonada pelo Chaves, do primeiro de um ano até a avó (que já faleceu); Roberto era o cara! Ainda não acredito que ele faleceu. Gostaria muito de ler esse livro *o* Parabéns pela resenha!!

    Beijos, Rob
    http://estantedarob.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. AHHHHH adoro esse livro. Ganhei antes de fazer o blog e foi uma das primeiras resenhas que eu fiz no Por Uma Boa Leitura. Devorei esse livro em um dia. Adoro Chaves e foi legal conhecer mais sobre o Chesperito

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  14. Oi, tudo bem?
    Esse livro parece ser tão lindo *o* Eu não sou fã do Chaves, mas eu admiro muito o Roberto, ele fez parte da minha infância e da de mais várias pessoas, né? E é impossível não simpatizar com ele, alguém que criou um personagem tão incrível como o Chaves é de se admirar muuito. Eu não sabia que ele era escritor, fiquei surpresa ao ver que ele também escreveu letras de canções, também ao ver que ele praticava boxe e vários outros esportes. Enfim, eu iria adorar esse livro, acho que deve ser muito bacana mesmo conhecer toda a trajetória do Chespirito, mais ainda sendo um livro ilustrado, tudo fica mais bacana ainda *-*

    Beijos :*
    Larissa - Srta. Bookaholic

    ResponderExcluir
  15. Olá...
    O livro parece ser mais que perfeito... não sou ligada em biografias, mas essa com toda a certeza e leria... se aparecer nas minhas mãos... nossa parece que por mais dificuldade que ele tenha passado com a sua vida humilde, logo ele explodiu com seu talento... fico tentando imaginar as escritas de roteiros, músicas e poesias... ele parece que foi um grande homem e me sinto admirada porque de alguma forma ele passou em minha vida e deixou um pedacinho dele comigo... eternamente Chaves!!! Xero!

    ResponderExcluir
  16. Olá Jaque!
    Eu sempre gostei do Chaves. Ele esteve presente em toda a minha infância e é presente até hoje. É bom cconhecermos a pessoa por trás do personagem. Tenho vontade de ler essa biografia.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Oooi, tudo bem?
    Não sabia da existência desse livro, mas sem dúvidas o Roberto - eterno Chaves - marcou gerações. E é verdade, o humor que ele fazia era puro, sem apelações. Dava gosto de ver. Era um programa para sentar e assistir com a família =D

    Beijooos!
    Vivendo em Livros

    ResponderExcluir

Que prazer em ter você aqui! Entre e sinta-se à vontade.
Se gostou do post (ou não), deixe um comentário. Sua opinião é muito importante pra melhorar cada vez mais o blog. =)